Há um ditado por aí que diz que empreendedores não se formam, apenas nascem. Não acredite nisso. Pois ser um empreendedor é algo que qualquer um pode aprender. Mas você precisa ter um conjunto básico de habilidades e a mentalidade certa, primeiramente.

Se você está pensando em iniciar o seu negócio, mas está hesitante, porque tem dúvidas sobre as possibilidades de sucesso, não se preocupe. Incorporando essas atitudes simples, você saberá como preparar-se para ancorar sua empresa, tornar-se um empreendedor e se destacar.

1. Otimismo

Todos nós passamos por fases diferentes ao tomar grandes decisões na vida. No entanto, o cerne de qualquer decisão é otimismo. Um empreendedor deve ter fé em si mesmo e em todo mundo que ajuda a estabelecer a empresa. Como nos faz lembrar Dale Carnegie em seu livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas”: Muitas das coisas mais importantes do mundo foram conseguidas por pessoas que continuaram tentando quando parecia não haver mais nenhuma esperança de sucesso.

Esta atitude é particularmente importante nesta era tecnológica. Tudo vem em um ritmo bastante acelerado. Você pode  ter projeções sólidas, mas ainda assim é uma tarefa árdua quando você é bombardeado por desafios, enquanto o seu negócio está apenas dando pequenos passos. Persistência e otimismo andam de mãos dadas. O que você precisa é de otimismo para ser resiliente em qualquer coisa que surja em seu caminho.

2. Arrojamento

Para se destacar, um empreendedor deve ser extremamente arrojado no sentido de que tem que fazer o que é necessário, agora mesmo (antes de todos os outros). Para isso, é fundamental uma alta dose de atrevimento. Coletar e compilar toda informação e estratégia que você puder usar em sua jornada empreendedora. Essa atitude é toda sobre tentar estar à frente na corrida com seus concorrentes.

Seus concorrentes são promissores? Como então, você pode se destacar entre os demais? A pesquisa é o melhor que você pode fazer e não dar tempo suficiente para a pesquisa pode significar um desastre para sua empresa. Alguns empreendedores só valorizam a pesquisa no início, no meio do processo, quando o negócio está em andamento tendem a negligenciá-la.

Fazer mais pesquisas fortalece os negócios e a empresa. Há uma diferença: fortalecer o seu negócio para se adaptar facilmente às mudanças, descobrir mais oportunidades e, eventualmente, expandir-se para alcançar clientes ou clientes em potencial mais amplos. Para o último: você definitivamente precisaria de sua equipe, não importa o quê. Pesquisa sobre o que aliviaria seu estresse e atenderia suas necessidades como trabalhadores como um todo. Valorizá-los implica que eles lhe dêem respeito e lealdade.

3. Liderança de equipe

Ser arrojado pode levar você longe, mas uma equipe sólida de colaboradores e seguidores pode levá-lo mais longe. Comece com uma meta realista e, então, planeje um caminho – idealmente com a equipe – para estabelecer uma cultura corporativa atraente e desejável, beneficiando os clientes, os funcionários e, por fim, você mesmo.

Às vezes, é preciso ouvir seus instintos e, em outros momentos, ouvir o conselho de outras pessoas que estão próximas. Empreendedores que não se importam, ou se interessam, com a opinião de seus clientes – que inclui seus colaboradores – são vistos como pessoas que estão apenas atrás de dinheiro e não de reputação. Como bem observou Dale Carnegie: “Interessando-nos pelos outros, conseguimos fazer mais amigos em dois meses do que em dois anos a tentar que eles se interessem por nós”.

Além disso, dizem que duas cabeças pensam melhor que uma, imagine então várias cabeças. Seja transparente e envolva sua equipe o máximo possível na construção da cultura e da sua empresa como um todo. Assumindo essa atitude,  você irá se destacar como empreendedor.

Banner E-book Dale Carnegie

4. Consistência

O problema com a consistência é que muitas vezes nos tornamos inconsistentes e não percebemos isso, e esse é um desafio que qualquer empreendedor iniciante deve superar. Esta é uma imagem clara de que você eleva a marca, a cultura e a ética de sua empresa do começo ao fim.

Ser consistente mostra que você adere aos padrões que você definiu para os outros que trabalham com você, significa que você prima pela excelência e que você se refere aos negócios e leva a sério o sucesso. O desejo de folga pode ser forte, sua unidade para consistência deve ser mais forte. É algo que felizmente pode ser conseguido gradualmente, dando um passo de cada vez, começando do mais importante (satisfação do cliente, ética do trabalho, inovação / criatividade, etc.) até o último da sua lista de prioridades.

5. Humildade

Humildade vem quando você sabe que não é melhor do que ninguém. Você respeita seus concorrentes mais do que os odeia. Você pede conselhos  da sua equipe. Você aceita o fato de que sem sua equipe, seus amigos e sua família, você não é nada. Empreender nos ensina a confiar nos outros tanto quanto confiamos em nós mesmos e ser gratos de todo o coração por seu serviço e apoio.

Humildade não equivale a fraqueza. É realmente uma imagem de força também. Admitir seus erros e assumir responsabilidade por isso também é uma manifestação de humildade e força. Você está pronto para assumir as conseqüências, mas as lições delas são preciosas.

6. Invista em você mesmo

Uma das grandes coisas sobre se tornar um empreendedor é que qualquer um pode fazê-lo. Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zuckerberg estavam na faculdade quando começaram a Apple, a Microsoft e o Facebook, respectivamente.

O mundo está repleto de empreendedores dos quais você nunca ouviu falar, que tiveram uma ideia e a transformaram em um negócio próspero e lucrativo. Tornar-se um empreendedor não é um trabalho para “escolhidos”, mas é um trabalho e requer muitas etapas, incluindo: desenvolvimento das atitudes mencionadas acima, uma ótima ideia, um plano de execução consistente do plano você irá se destacar como empreendedor.

Os principais empreendedores compram e lêem livros de negócios e marketing, revistas, relatórios, periódicos, boletins informativos, sites e publicações da indústria, sabendo que esses recursos melhorarão sua compreensão das funções e habilidades comerciais e de marketing. Eles se juntam a associações empresariais e clubes, e fazem contatos com outras pessoas qualificadas para aprender seus segredos de sucesso e ajudam a definir suas próprias metas e objetivos.

Os principais empreendedores participam de seminários, workshops e cursos de treinamento, mesmo que já tenham dominado o assunto do evento. Eles fazem isso porque sabem que a educação é um processo contínuo, nunca acabado. E sempre há novas maneiras de fazer as coisas melhor, em menos tempo, com menos esforço.

Em suma, os empreendedores que se destacam nunca param de investir na ferramenta de marketing e de negócios mais poderosa, eficaz e que melhor está à sua disposição – eles próprios. E se você deseja investir mais em você para se tornar um empreendedor  de destaque, conte com a Dale Carnegie.

ILA 2019