Ser empreendedor está em alta. O relatório intitulado “Empreendedorismo no Brasil”, lançado em 2018 pela Global Entrepreneurship Monitor, mostrou que quase 52 milhões de brasileiros já são donos do próprio negócio, entre aqueles com 18 e 64 anos, o percentual corresponde a 36%.

Com o cenário econômico instável e com o desemprego em voga, é natural que a busca pela formalização de atividades autônomas também cresça e isso, talvez, ajude a explicar o grande aumento nos números do empreendedorismo no Brasil.

Mas, desses 52 milhões, nem todos foram empurrados para o chamado “empreendedorismo de sobrevivência”. Muitos querem, sim, estabelecer empresas que gerem impacto econômico e social, além de claro, quebrar o tabu que ronda os dois primeiros anos, que é a data limite para 1 entre 4 empresas, segundo estudo realizado pelo Sebrae.

Nem todos nascem empreendedores, mas qualquer pessoa pode se tornar um. Empreender exige uma série de habilidades e competências que podem, sim, ser exploradas e aprimoradas. O papel do empreendedor se assemelha bastante ao de um executivo líder de qualquer organização e, independentemente do porte da sua empresa, é fundamental que você tenha algumas habilidades de gestão e inovação.

É sobre as competências indispensáveis a qualquer empreendedor que vamos falar hoje. Acompanhe o artigo e saiba mais.

6 competências essenciais a um bom empreendedor

Dentre todas as competências exigidas dos empreendedores, sejam ele novos ou já estabelecidos no mercado, seis delas se destacam e ganham o status de essenciais para a sobrevivência e sucesso do negócio. Confira quais são!

Competência 1: autoestima

Ter uma boa autoestima não significa acreditar cegamente que tudo o que você faz é perfeito e blindado à críticas, pois há um limite claro entre acreditar em si e ser teimoso ou intransigente. Na verdade, um empreendedor com boa autoestima, acredita tanto no que faz que é capaz de absorver o que for construtivo e se remodelar, sem perder a essência do negócio.

Quando se tem autoestima, se tem resiliência. É preciso entender que recusas e críticas fazem parte da vida de qualquer empreendedor ― Walt Disney, por exemplo, faliu sua primeira produtora, a Laugh-O-grams e J.K. Rowling foi recusada por 12 editoras antes de lançar o sucesso Harry Potter.

O célebre autor Dale Carnegie tem uma frase que mostra muito bem o poder da resiliência: “Muitas das coisas mais importantes do mundo foram conseguidas por pessoas que continuaram tentando quando parecia não haver mais nenhuma esperança de sucesso.”

E só aqueles que têm uma boa autoestima conseguem encontrar forças para construir coisas importantes diante do fracasso.

Competência 2: observação

Empreendedores precisam ser bons observadores. Observar os movimentos do mercado, as personalidades diferentes que compõem a equipe e os entraves em processos é essencial para identificar e corrigir problemas antes mesmo que eles aconteçam.

Um empreendedor que ignora os acontecimentos do mercado (e não falamos apenas daquele em que ele atua, mas sim de uma visão holística, que engloba todos os cenários) ou insatisfações crescentes na equipe, ignora o próprio negócio.

Banner E-book Dale Carnegie - Relações Interpessoais

Lembre-se: o futuro é consequência do que está sendo feito hoje e nada acontece de uma hora para outra. Todas as situações enviam sinais do que está para acontecer e saber ler essas nuances é imprescindível para qualquer empreendedor.

Competência 3: dinamismo

Um bom empreendedor precisa ter ao menos 3 requisitos: saber e gostar de vender, ser capaz de executar as tarefas que se propõe e conseguir organizar e gerir a empresa. Apenas isso já mostra que o dinamismo é uma competência inerente ao empreendedor.

A jornada empreendedora irá explorar muitas vezes essa competência. Quem é dinâmico consegue se adaptar às situações, reagindo com rapidez e solucionando problemas. É o popular “jogo de cintura”.

Competência 4: poder de execução

Agora, vamos falar um pouco mais sobre o que foi citado no tópico acima: ser capaz de executar as tarefas. Um empreendedor não pode “delargar” tarefas e esperar pacientemente que elas sejam cumpridas.

Um empreendedor que quer fazer a diferença no mercado precisa ter uma certa agressividade no que diz respeito à execução. Precisa saber cobrar seus colaboradores ou fornecedores, sair a campo para testar ideias, conversar com prospects, enfim, é preciso que o empreendedor saiba fazer acontecer!

Competência 5: aprimoramento

Você pode ser o maior especialista que existe no produto ou serviço que a sua empresa vende, mas isso não significa que você tenha a mesma expertise no que diz respeito ao gerenciamento de pessoas ou à administração de empresas. Até mesmo o seu mercado pode apresentar mudanças significativas, que exijam aprimoramento constante para que sua empresa não se torne obsoleta.

O aprimoramento pessoal e profissional, a vontade de aprender mais, de se aperfeiçoar é, sem dúvida, uma das competências necessárias para a sobrevivência de qualquer negócio.

Competência 6: montar uma equipe confiável

Essa competência traz consigo uma outra qualidade inerente a um empreendedor de sucesso: a humildade. Muitos empresários têm dificuldade em confiar na equipe que escolheram para compor o quadro e disso surgem conflitos que podem minar o clima e, claro, a produtividade.

Ter a competência de confiar naqueles que o ajudam a crescer é fundamental e, quem almeja ser um bom empreendedor, deve ter em mente que o time tem competências e qualidades complementares e, se eles toparam ingressar na empresa, é porque tem o mesmo objetivo que você: vê-la crescer.

Empreender é um desafio diário para aqueles que decidem traçar novos caminhos. E, como todo novo caminho, é preciso muita dedicação e perseverança para que se atinjam os resultados. Essas competências que você acabou de ler são todas elas possíveis de ser trabalhadas e aperfeiçoadas. Mais que olho no seu negócio, é preciso que o empreendedor mantenha o foco também em si, se conhecendo melhor a cada dia e se monitorando para que o aprimoramento aconteça de verdade.

Gostou do nosso conteúdo e quer aprender ainda mais sobre como desenvolver ou aprimorar as competências essenciais de um bom empreendedor? A equipe da Dale Carnegie está à disposição para ajudar! Entre em contato conosco!

Faça sua inscrição antecipada aqui