Saúde mental. Tão importante quanto a física, cada vez mais é levada em conta na hora de elencar aquilo que precisamos para ser felizes. E o autocontrole é um componente importante para caracterizar um bom estado mental, aquele em que o indivíduo se sente pleno com suas escolhas e se relaciona bem com aqueles à sua volta, sabendo lidar com as dificuldades de forma prática e resolutiva.

Não à toa, o autocontrole é uma das habilidades mais exigidas daqueles que ocupam posições de liderança. E, sim, o autocontrole é uma habilidade, portanto, é possível desenvolvê-la. Mas, afinal, o que significa ter controle de si próprio?

Ao contrário do que muitos pensam, uma pessoa que sabe controlar suas emoções não necessariamente é aquela de fala mansa e que parece estar sempre de bem com a vida. Pessoas que têm autocontrole mostram isso justamente no momento em que precisam gerenciar suas emoções mais fortes, especialmente a raiva.

É claro que a raiva existe e não pode ser ignorada. Fazer isso pode gerar consequências ainda piores e trazer até mesmo problemas físicos, como comprovado por uma pesquisa realizada em parceria entre as universidades britânicas Glasgow CaledonianUniversity e Edinburgh Napier University. Normalmente, ela é apenas uma resposta adequada ao que acontece ao nosso redor, dessa forma, pode ser apenas uma forma de assimilarmos sentimentos mais profundos, como a frustração.

Se você chegou até este artigo, é porque sabe que precisa aperfeiçoar essa habilidade, então, vamos ajudar você com uma série de informações e, claro, algumas dicas valiosas de como adquirir o autocontrole. Continue a leitura! Você está um passo mais próximo de se tornar um grande líder para a sua equipe!

Autocontrole: a primeira grande habilidade de um líder

Você pode não saber a definição exata de um nome ou de outro, mas entende perfeitamente que chefe é quem dá ordens, cobra e, não raro, tem fama de “mandão”. Já o líder provoca uma imagem mais empática, de alguém que motiva, engaja as pessoas e, mais que isso, as inspira.

Agora, frente a essas duas imagens, imagine a seguinte situação: uma tarefa que estava sob sua responsabilidade sofrerá um atraso por conta de uma desatenção sua. Você sabe que o certo é chamar o seu superior hierárquico e comunicar o acontecido. Pois bem, com quem você iria preferir ter essa conversa? Com o chefe ou com o líder?

Isso não quer dizer que o líder não se sinta frustrado pelo fato de o erro atrasar o cronograma definido ou afetar o desenvolvimento de um projeto mas, diferentemente do chefe, o líder saberá gerenciar esse sentimento e agir em prol da resolução.

No célebre best-seller “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, Dale Carnegie dedica um capítulo todo a um tema: faça o erro parecer fácil de corrigir. O autor diz: “Diga a uma criança, a um marido ou a um empregado que ele é estúpido ou inútil em uma determinada coisa, que não receberá prêmio por esta razão, que ele está fazendo tudo errado, ter-lhe-á destruído quase todo o incentivo para qualquer tentativa de melhorar.”.

Apenas os grandes líderes conseguem sentir a frustração de ter um imprevisto depois de tanto planejamento e, ainda assim, passar ao colaborador a tranquilidade da resolução.

Como desenvolver o autocontrole

Você já pôde perceber que ele é essencial para quem almeja posições de liderança ou pretende aperfeiçoar sua gestão frente à equipe. Mas, afinal, como ter o tal autocontrole?

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas

Elaboramos uma lista com 4 atitudes que podem ajudar você a desenvolver essa habilidade.

1. Treine o seu cérebro com recompensas

Parece bobo? Pois saiba que nada funciona tão bem com o ser humano quanto uma boa recompensa. E, embora estejamos falando do ambiente profissional, neste artigo, o autocontrole deve ser exercido em todas as áreas da vida.

Então, se você quer exercitar de verdade essa habilidade, é hora de ser honesto com você mesmo: o que faz com que o seu autocontrole vá por água abaixo? A função soneca para sair da cama de manhã? Um docinho a mais depois do almoço? Aquele erro de um colega no trabalho?

Coloque os seus pontos mais delicados em um papel e tome-os por desafio. E, se cumprido, claro, deve haver uma recompensa.

2. Ouça mais

Outra característica apreciada em grandes líderes, saber ouvir pode ajudar você a entender melhor a situação, processar as informações e, só então, decidir o que fazer com elas. Enquanto ouve, você gera as emoções com muito mais clareza que se tentasse contrapor o interlocutor com frequência. Com certeza, essa é uma forma de treinar o seu cérebro a ter autocontrole, uma vez que ele passa a esperar o momento certo de reagir.

3. Invista em aperfeiçoamento

Uma das faces do descontrole emocional pode ter a ver com a insegurança sobre o próprio trabalho. Muitos profissionais inseguros vivem “à flor da pele” e, com eles, qualquer pergunta pode ter como resposta um festival de desculpas ou acusações. Profissionais bem treinados têm muito mais autocontrole por terem consciência do seu papel, dos trâmites do trabalho e, desta forma, conseguem ser muito mais resolutivos, gerindo as emoções com foco na resolução dos problemas.

4. Foque no seu autoconhecimento

Autoconhecimento e autocontrole andam de mãos dadas. Então, se o seu objetivo é desenvolver essa habilidade, buscar as respostas dentro de você é o melhor caminho. Descubra o que desperta emoções negativas e desenvolva estratégias para lidar com elas. Tomar uma água, ficar 5 minutos em silêncio ajuda a espairecer e a não ceder à tentação da raiva? Ótimo!

Sabendo quais os momentos em que você fica mais propenso a perder o controle, você conseguirá identificar esses gatilhos e saberá lidar com as situações de stress. Aproveite para entender melhor suas principais características, os valores que são fundamentais para você e, principalmente, descobrir qual é o seu próprio limite. Uma outra dica é: ao descobri-lo, respeite-o. Esse é um passo fundamental para o desenvolvimento do autocontrole e de uma mente mais saudável e equilibrada.

Gostou das nossas dicas? Se você quer ir ainda mais a fundo no tema, desenvolver o autocontrole e tomar as rédeas das suas emoções, a equipe da Dale Carnegie está à disposição para ajudar! E, se você chegou até aqui, continue investindo na sua jornada. Um grande líder nunca para de aprender!

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas