Liderar um time de futebol, de certa forma, não é muito diferente de dirigir uma equipe em uma empresa. Em ambos os casos, se o líder não tiver uma estratégia e não conhecer bem a equipe para colocar as pessoas certas em cada posição, o resultado positivo não acontece. Não à toa, os treinadores mais bem-sucedidos ganham centenas de milhares de reais por dia em palestras quando se aposentam do campo.

Mas, se você não é fã do esporte, como pode apreciar esta época do ano? Bem, nós estamos aqui para ajudar. Para começar, alguns dos maiores exemplos de líderes que você irá conhecer são treinadores de futebol que sabem motivar e inspirar um grupo de talentos a trabalhar juntos em direção ao mesmo objetivo.

Os ensinamentos mostram como um gestor de sucesso pode aliar habilidades para conseguir um bom desempenho no seu negócio. Isso se refere tanto à inteligência emocional, como à gestão de pessoas e ao papel de liderança. O fato é que você pode adorar futebol ou odiar futebol. Mas de qualquer forma, você pode aprender muitas lições de liderança com esse esporte. Confira!

1. Não tema a mudança

Um dos segredos de Sir Alex Ferguson (o ex-treinador do Manchester United) para o sucesso é “Never Stop Adapting” ou, em tradução literal, “nunca pare de se adaptar”. Os líderes devem aceitar a mudança de braços abertos. Ferguson enfatiza a crença de que “você pode controlar a mudança aceitando-a”. As 26 temporadas de Ferguson com o Manchester United lhe ofereceram muitas oportunidades de aceitar mudanças, e ele chegou ao ponto de trazer mudanças por conta própria aumentando o foco da equipe nos jogadores.

A mudança é inevitável em qualquer organização. Em vez de temer, os líderes bem-sucedidos encaram isso como uma oportunidade. Alguns líderes, como Ferguson, até mesmo instigam a mudança!

2. Acredite no poder da liderança

Ser a figura de autoridade para um grupo de pessoas é o aspecto mais desafiador para os treinadores de times de futebol. Com equipes consistindo de muitas personalidades e habilidades diferentes, todas com expectativas diferentes de você, o papel do treinador de futebol pode ser esmagador às vezes.

No futebol juvenil, por exemplo, (que pode ser comparado ao desafio de liderar uma equipe de millennials) o brilho intenso e as expectativas irreais de alguns jovens podem tornar sua tarefa ainda mais difícil. É importante não deixar que os outros ditem o seu sucesso como treinador, pois cada indivíduo tem uma opinião diferente, e ouvi-los todos seria navegar num navio sem vento!

A coisa mais importante que você pode fazer é prestar atenção ao que você acredita ser importante na liderança, formar um plano antes da temporada sobre como você planeja lidar com os jogadores e manter suas crenças durante a jornada, quando a tempestade e as críticas chegarem.

3. Viva diariamente seus valores e crenças

O treinador de um time futebol, deve usar sua personalidade e caráter para guiá-lo. A maneira mais eficaz de liderar é sendo um modelo, e é mais fácil fazer isso como um personagem autêntico do que se você estiver tentando fazer apenas um show. No campo de futebol ou no escritório, qualquer discrepância entre suas palavras e comportamentos será rapidamente captada pelos seus jogadores. Da mesma forma, para ter integridade como líder, você deve agir da maneira que você espera que seus jogadores ajam.

Banner E-book Dale Carnegie

Por exemplo, se você valoriza entusiasmo e energia, então você tem todo o direito de exigir isso de seus jogadores. No entanto, você deve liderar as sessões dessa maneira. Se você valoriza o altruísmo e o orgulho da equipe, então você pode esperar isso, mas deve agir de uma maneira altruísta que não chame a atenção para sua influência em qualquer sucesso que a equipe tenha.

Estabeleça padrões e incentive constantemente a mentalidade e a atitude corretas, mas não esqueça de praticá-las. A liderança está envolvida na modelagem do comportamento. O padrão que você transmite é o padrão que você aceita das outras pessoas. Os líderes devem defender suas crenças, então é melhor que eles tenham crenças para defender.

4.  A equipe é mais importante que qualquer indivíduo

Pensando na Copa de 2014, por exemplo, esta máxima foi evidente durante todo o torneio, com a Alemanha prevalecendo sobre indivíduos extraordinários como Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, ambos sem gols. A vitória alemã foi definitivamente um esforço de equipe, graças à liderança de Joachim Löw, que assumiu em 2006.  Para um líder de uma equipe, a lição que fica desse exemplo é que nada é mais forte do que uma equipe unida, em que o talento individual não esmaga a unida, uma equipe em que podem existir gênios, mas que valoriza a inteligência coletiva.

5 – Pense em longo prazo e curto prazo

A chave para liderar uma organização ou uma equipe é muito semelhante à chave para liderar um time de futebol: o líder precisa garantir que os jogadores estejam posicionados no campo em suas posições ideais, onde suas forças podem ser maximizadas e suas fraquezas não sejam expostas.

Você está construindo para o longo prazo, mas precisa vencer o jogo de hoje. Os líderes de negócios frequentemente se queixam das pressões dos relatórios de lucros trimestrais enquanto estão investindo no longo prazo. É importante diariamente posicionar seus jogadores em seu “ponto ideal” no campo. Todo grande treinador de futebol sabe que você tem que vencer o jogo de hoje para ter uma chance de construir a longo prazo. É o mesmo para as empresas: o desempenho é importante. Mas a chave não é vencer um único torneio ou ter um ótimo ano; é sustentar esse desempenho ano após ano. Como no futebol, isso é difícil de fazer com os novos concorrentes constantemente batendo em seus calcanhares. Mas é essencial investir na formação das equipes a longo prazo. Lembre-se: quando você é um jogador, muitas você pensa: “Eu! Eu! Eu!” Mas quando você é um gestor e líder de equipe, você deve pensar “Vocês! Vocês! Vocês!”

Com histórias de sucesso e superação entre técnicos e equipes, não é de hoje que o futebol é um esporte que coloca em evidência lições de liderança. Mas esses exemplos não se restringem ao universo de dentro de campo e se estendem para os líderes e gestores de empresas.

E como dissemos no início do texto, seja você um fã de futebol ou não, esperamos que possa aprender com esses grandes gerentes e implementar algumas das lições que nos ensinaram. Porque a liderança é importante para todos, seja qual for o setor em que esteja atuando.

Certa vez, Cristiano Ronaldo  fez uma observação relevante sobre a relação entre desenvolvimento e sucesso: “Se você acha que já é perfeito, então nunca será.” Por isso, se você busca evoluir é hora de fortalecer sua liderança e envolver seus jogadores dentro de sua organização, fornecendo as ferramentas de liderança e comunicação que você e seus colaboradores esperam conectar e engajar. Para isso, conte com a Dale Carnegie e conheça nossas soluções e treinamentos.

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas