Boa liderança requer disciplina, previsão e organização. Grande liderança, por outro lado, vem com uma dose adicional de forte positividade. Porque, embora a força regimentada seja admirável, ela não inspira nem influencia uma equipe da mesma forma que a força da positividade.

Liderança é muito mais do que dar ordens, gerenciar o tempo dos funcionários e agendar horários, ou fornecer análises anuais de desempenho; é uma tarefa que requer dedicação e uma ampla gama de habilidades. Nesse sentido, a Liderança Positiva é um caminho interessante a ser seguido para quem deseja ser excepcional.

Então, como você pode ganhar positividade e usá-la para unir e mover aqueles ao seu redor? A seguir, vamos explorar o tópico da liderança positiva: o que é, por que é importante e como você e sua organização ou seus clientes podem se beneficiar disso. Confira neste artigo!

O que é Liderança Positiva?

Liderança Positiva é uma área de estudo dentro da psicologia sobre estilos de liderança, técnicas e comportamento que pode ser classificado como desviante – positivamente desviante.

Ser positivamente desviante significa que o estilo, a técnica ou o comportamento do líder se encaixa fora do intervalo normal observado na liderança. Pense em uma curva de comportamentos de liderança, com comportamentos negativos à esquerda e comportamentos positivos à direita. A maioria dos comportamentos relacionados à liderança cai em algum lugar no meio. A Liderança Positiva busca desviar as ações para a direção mais positiva.

Passamos muito tempo falando sobre liderança ruim, apontando o que não fazer e tentando fazer com que as pessoas mudem seu comportamento do lado esquerdo para o meio da curva. O objetivo da liderança positiva é fazer com que os líderes mudem seu comportamento de qualquer lugar que possa cair nessa curva para a extrema direita da curva.

  • A liderança positiva envolve experimentar, modelar e propositadamente melhorar as emoções positivas.
  • Um líder positivo está interessado no desenvolvimento de seus funcionários e no resultado final.
  • Elevada autoconsciência, otimismo e integridade pessoal.

O papel da resiliência na liderança positiva

Além das características e habilidades listadas acima, a resiliência desempenha um papel particularmente importante na liderança.

Pense em quantas vezes algo dá errado no trabalho ou surge algum problema inesperado. Os líderes que têm de lidar com essas questões (e, às vezes, com a disseminação de tais questões) são bem servidos por uma base sólida de resiliência; sem isso, desmoronariam ao primeiro sinal de problema.

Líderes resilientes são simplesmente melhores líderes; não só podem lidar melhor com uma crise, mas também geralmente são mais competentes socialmente, têm melhores habilidades de resolução de problemas e têm um melhor senso de propósito e futuro.

A liderança positiva tem sido amplamente usada para definir os limites do subcampo:

  1. Facilita o desempenho positivamente desviante (extraordinariamente positivo);
  2. Ele apresenta um viés afirmativo, o que significa que é orientado para o positivo (pontos fortes em vez de pontos fracos);
  3. Ela promove o bem nas pessoas (por exemplo, virtuosidade, integridade moral).

Essa descrição simples, mas abrangente, da liderança positiva captura perfeitamente o que a diferencia de todos os outros tipos de liderança. O  trabalho de Kim Cameron, professor responsável por dirigir o grupo de pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA), que propôs originalmente o primeiro modelo da Liderança Positiva, tornou a liderança positiva mais acessível a todos, além de acrescentar descobertas valiosas à literatura.  Segundo o modelo proposto por Cameron, os líderes que gostariam de ser qualificados como ‘positivos’ deveriam atentar para quatro grandes áreas em seus processos de gestão: o clima positivo, os relacionamentos positivos, a comunicação positiva e o significado positivo.

Implementando a psicologia positiva na liderança

É fácil dizer (e acreditar) que implementar os princípios da psicologia positiva na liderança é uma boa ideia, mas pode ser difícil saber como implementá-la.

Banner E-book Dale Carnegie

A diferença entre liderança positiva e negativa é bastante simples quando você tira os termos técnicos e a linguagem acadêmica: a liderança positiva encoraja, fortalece e energiza as pessoas, enquanto a liderança negativa as drena, desestimula e desmoraliza.

No nível mais básico, você pode determinar se um comportamento de liderança é positivo ou negativo (ou neutro) fazendo a si mesmo estas perguntas:

  1. Incentiva ou desencoraja os seguidores?
  2. Isso fortalece ou desmoraliza os seguidores?
  3. Isso energiza ou drena seus seguidores?

Se a resposta é a primeira (incentivar, capacitar, energizar), é provável que haja um comportamento no âmbito da liderança positiva. Se a resposta é a última (desencorajar, desmoralizar, drenar), é provavelmente um comportamento de liderança negativo.

Comportamentos de um Líder Positivo

Para ser um líder positivo eficaz, existem sete comportamentos que você deverá incorporar à sua caixa de ferramentas:

  1. Autoconsciência (pedir feedback);
  2. Transparência relacional (ter uma filosofia de liderança clara);
  3. Processamento balanceado (usando escuta ativa);
  4. Comportamento ético (seguindo o que você diz que vai fazer);
  5. Confiabilidade (tratar os outros com respeito e manter sua palavra);
  6. Suporte (dando apreço e apoio aos seguidores);
  7. Capacitação (dando a seus seguidores liberdade e escolha).

Implemente esses sete comportamentos positivos em sua liderança diária e você verá uma melhora significativa no desempenho dos seguidores, no clima organizacional e no moral!

Como moldar comportamentos na Liderança Positiva

Para modelar um comportamento positivo para seus seguidores, não pense apenas nos comportamentos em si, pense nos valores por trás deles. Por exemplo, se você disser a seus funcionários sobre a importância da colaboração e atribuir essa responsabilidade às equipes, mas nunca trabalhar como parte delas, seus funcionários provavelmente não se sentirão encorajados e inspirados.

Para garantir que você esteja modelando um bom comportamento de liderança, lembre-se destas dicas:

  1. Modele seus valores pessoais por trás dos comportamentos, não apenas os comportamentos em si;
  2. Promova a autodeterminação em seus seguidores, mostrando-lhes como é feito;
  3. Incentive emoções positivas e trocas sociais positivas no local de trabalho;
  4. Defina expectativas elevadas e viva para elas;
  5. Certifique-se de cumprir os compromissos que você faz;
  6. Valorize seus seguidores (e outros) e certifique-se de cultivar relacionamentos, habilidades e desenvolvimento profissional;
  7. Trabalhe bem com os outros e promova (e participe) trabalho em equipe e colaboração;
  8. Tente resolver os conflitos inevitáveis ​​que surgirão no local de trabalho da forma mais rápida e eficaz;
  9. Seja aberto sobre o seu desejo e vontade de ajudar, apoiar e desenvolver outros.

Formas de fornecer feedback positivo

Os líderes geralmente acham que fornecer feedback positivo é muito mais fácil do que fornecer feedback negativo, mas isso não significa que você pode relaxar e descontrair; existem maneiras certas e erradas de fazer isso.

Aqui estão algumas sugestões sobre como fornecer feedback positivo da maneira mais eficaz:

  1. Tente identificar com o destinatário seu feedback e imagine como ele se sentiria se recebesse esse feedback.
  2. Explique seu objetivo ao dar feedback; é simplesmente felicitá-los, ajudá-los a ver onde devem concentrar seus esforços ou, talvez, incentivá-los a desenvolver suas habilidades existentes?
  3. Concentre-se no futuro e ajude seu seguidor a descobrir os próximos passos.
  4. Certifique-se de manter uma expressão facial positiva; evite expressar o julgamento e lembre-se de sorrir e acenar com a cabeça!
  5. Mantenha seu tom amigável e edificante.
  6. Mantenha seu foco no positivo e evite escorregar para o negativo.

Desenvolver colaborativamente uma cultura positiva na liderança significa priorizar a ética, a satisfação e a felicidade em um ambiente de trabalho. E, consequentemente, preencher de significado a vida profissional das pessoas de um time, pois quando o indivíduo consegue assimilar um senso de propósito e relevância em sua atividade, efeitos surpreendentes são notados: redução do turnover, altos níveis de engajamento, empowerment, satisfação e felicidade. Como escreveu Dale Carnegie: “Sucesso é conseguir o que você quer, e felicidade é gostar do que você conseguiu”.

Então, desenvolva a liderança positiva e descubra como levar os outros com você em uma vida profissional com mais propósito e significado. Junte-se ao Programa de Liderança e treinamentos da Dale Carnegie, uma jornada de aprendizado que irá ajudá-lo a alcançar o máximo de seu potencial de liderança inovadora e escalar sua empresa para mudar o mundo. E, então gostou do texto? Compartilhe conosco nos comentários.

ILA 2019