Sabia que a sua equipe pode se beneficiar de alta eficiência e aumento da produtividade? Uma boa maneira de alcançar esses resultados, e uma quantidade indeterminada de outros benefícios, é através do desenvolvimento organizacional (D.O).

O desenvolvimento organizacional (D.O) abrange as ações envolvidas com a aplicação do estudo da ciência comportamental à mudança organizacional. Englobando uma ampla gama de teorias, processos e atividades, todas orientadas para o objetivo de melhorar as organizações.

Vale ressaltar também que o desenvolvimento organizacional, embora preocupado com a melhoria do desempenho da força de trabalho, não deve ser confundido com RH.

Diferentemente da área de recursos humanos, que se concentra no crescimento pessoal de indivíduos dentro das organizações, o desenvolvimento organizacional se concentra no desenvolvimento de estruturas, sistemas e processos dentro da organização para melhorar a eficácia organizacional.

A base do desenvolvimento organizacional

Embora o campo de D.O seja amplo, pode ser diferenciado de outros sistemas de mudança organizacional por sua ênfase em processos e não em problemas.

Na verdade, os sistemas de mudança mais tradicionais se concentraram na identificação de problemas em uma organização e depois tentam alterar o comportamento que cria o problema.

As iniciativas de desenvolvimento organizacional se concentram na identificação das interações comportamentais e padrões que causam e sustentam problemas. Então, ao invés de simplesmente mudar os comportamentos isolados, o processo de D.O visa criar uma organização comportamentalmente saudável que, naturalmente, antecipe e evite problemas. Os programas de desenvolvimento organizacional geralmente compartilham várias características básicas.

Primeiro, eles são considerados esforços de longo prazo de pelo menos um a três anos na maioria dos casos.

Em segundo lugar, D.O destaca o gerenciamento colaborativo, pelo qual os gerentes e funcionários de diferentes níveis da hierarquia cooperam para resolver problemas.

Em terceiro lugar, o D.O reconhece que todas as organizações são únicas e que as mesmas soluções não podem ser aplicadas em qualquer empresa – essa suposição se reflete em um dos focos de desenvolvimento organizacional sobre pesquisa e feedback.

Em quarto lugar, os programas de desenvolvimento organizacional enfatizam o valor do trabalho em equipe e pequenos grupos. Na verdade, a maioria dos sistemas D.O usam equipes pequenas – ou mesmo indivíduos – como um veículo para implementar amplas mudanças organizacionais.

O catalisador – seja um grupo ou indivíduo – que facilita o processo de desenvolvimento organizacional é conhecido como o “agente de mudança”. Os agentes de mudança geralmente são consultores externos com experiência em gerenciar programas D.O, embora as empresas às vezes utilizem administradores internos.

Implementando programas de D.O

Os esforços de D.O envolvem basicamente dois grupos de atividades: “pesquisa-ação” e “intervenções”.

A pesquisa-ação é um processo de coletagem sistemática de dados em uma organização específica, alimentando-os para o planejamento de ações e avaliando os resultados. As técnicas de coleta de dados incluem tudo, desde pesquisas e questionários até entrevistas, colagens, desenhos e testes. Os dados são frequentemente avaliados e interpretados utilizando técnicas avançadas de análise estatística.

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas

As intervenções são planos ou programas compostos por atividades específicas projetadas para efetuar mudanças em algumas facetas de uma organização. Numerosas intervenções foram desenvolvidas ao longo dos anos para resolver diferentes problemas ou criar vários resultados. No entanto, todos eles estão voltados para o objetivo de melhorar a organização por meio da mudança.

Em geral, as organizações que desejam alcançar um alto grau de mudança organizacional empregam uma gama completa de intervenções, inclusive aquelas destinadas a transformar comportamentos e atitudes individuais e grupais.

As entidades que tentam mudanças menores deixarão de atingir esses objetivos, aplicando intervenções voltadas principalmente para políticas operacionais, estruturas de gestão, habilidades trabalhistas ou políticas de pessoal.

5 benefícios do D.O para engajar uma equipe

Agora que você já entendeu o conceito, podemos te justificar a importância da prática. Com esses entendimentos, você não medirá esforços para alcançar as melhores medidas. Acompanhe!

1) Aumento no índice de satisfação das equipes –  o índice de satisfação do funcionário é algo que conta muito na hora de gerir um time.  Com o clima de qualidade, você consegue fazer com que o tempo na empresa seja produtivo. O seu colaborador não se sentirá invalido ou inútil.

2) Aperfeiçoamento da comunicação: uma das principais vantagens do desenvolvimento organizacional é a melhora da comunicação, feedback e interação dentro da organização. O objetivo de melhorar a comunicação é alinhar todos os funcionários a objetivos e valores da empresa compartilhada. A comunicação sincera também leva a uma maior compreensão da necessidade de mudança dentro da organização. A comunicação está aberta em todos os níveis da organização e os comentários relevantes são recorrentemente compartilhados para melhorias.

3) Desenvolvimento dos colaboradores – o desenvolvimento organizacional enfoca o aumento da comunicação para influenciar os funcionários a gerar mudanças desejadas. A necessidade de desenvolvimento dos funcionários decorre de mudanças constantes da indústria e do mercado. Isso faz com que uma organização aprimore regularmente as habilidades dos colaboradores para atender aos requisitos de mercado em evolução. Isto é conseguido através de um programa de aprendizagem, treinamento, aprimoramento de habilidades / competências e melhorias no processo de trabalho .

4) Cuidados com o clima organizacional –  é algo que se beneficia diretamente do desenvolvimento organizacional. Ao evitar conflitos, cria-se uma atmosfera mais tranquila e amigável. Além disso, é importante lembrar de que você está fazendo uma obrigação com a sua empresa. Não é benéfico para a corporação ter brigas e conflitos todo o tempo. De fato, não é assim que uma empresa deve ser. O que estamos dizendo é: você pode até achar que o clima organizacional não precisa de melhorias. Porém, você deve entender que essa é uma obrigação do gestor. Pense nas práticas como uma espécie de prevenção aos conflitos.

5) Melhorias de produtividade – o desenvolvimento organizacional afeta a produtividade de una equipe de forma surpreendente. Afinal, os colaboradores poderão ter mais clareza dos processos que envolvem a criação do produto, seja qual ele for. Além disso, a resolução de problemas pode ser benéfica por vários motivos. O principal deles é evitar um clima ruim entre dois ou mais funcionários, o que prejudica diretamente a produtividade de cada um.

“Como fazer amigos e influenciar pessoas”, livro lançado por Dale Carnegie em 1936, é até hoje um dos maiores best-sellers do mundo. A razão é que a obra explora um ponto sensível no comportamento humano: a melhor maneira de interagir e engajar outras pessoas.

A teoria de Dale Carnegie sugere que para se relacionar bem com os outros, você deve procurar ver o mundo através dos olhos do seu interlocutor. Deve colocar-se genuinamente no lugar do outro. Fazendo isso, perderá a capacidade de criticar, julgar ou condenar o próximo.  Muitos dos pontos abordados são aplicáveis ao propósito do desenvolvimento organizacional que produzem resultados no engajamento das equipes.

E, então, o que você achou sobre o tema? Se você já teve alguma experiência com D.O, compartilhe conosco quais outros benefícios que sua empresa experimentou com o desenvolvimento organizacional, deixe suas observações ou dúvidas nos comentários. E se estiver interessado em melhorar o desenvolvimento organizacional na sua empresa, conte com a Dale Carnegie.

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas