As pessoas não trabalham sozinhas. Para ser bem-sucedido em qualquer campo de atuação, você deve se relacionar e influenciar positivamente as pessoas ao seu redor, a fim de obter cooperação, respeito e apoio.

E, como sabemos, manter bons relacionamentos profissionais, com os colegas de trabalho, chefes e colaboradores, é imprescindível para o sucesso na carreira, seja para um networking de qualidade ou para receber colaboração dos pares em uma equipe.

Desenvolver sua capacidade de relacionamento interpessoal significa ampliar sua visão para trabalhar efetivamente com as pessoas, evitar situações de conflito desnecessárias, ler as reações e modificar sua abordagem quando necessário. A seguir, entenda o que você deve fazer para garantir excelentes relações interpessoais. Confira!

Mas, afinal, o que significa relacionamento interpessoal?

Relacionamentos interpessoais são associações sociais, conexões ou afiliações entre duas ou mais pessoas. Eles variam em diferentes níveis de intimidade e compartilhamento, implicando a descoberta ou estabelecimento de um terreno comum, e podem ser centrados em torno de algo compartilhado entre dois indivíduos ou um grupo.

O tema é de interesse de áreas de estudo como a sociologia, psicologia e antropologia. Mas também é um campo fundamental para os negócios e desenvolvimento pessoal. E tem muito a ver com a maneira que nós tratamos e nos relacionamos com os outros e, principalmente, com a qualidade dessas interações e relacionamentos.

Os pilares de um bom relacionamento interpessoal

Sabemos que, para ser efetivo no mundo corporativo, é necessário construir sólidas pontes ao nosso redor. O mais importante é segurar ou neutralizar possíveis reações pessoais e se concentrar primeiro nos outros.

Em “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, Dale Carnegie, escritor e orador norte-americano, estuda como podemos conseguir a cooperação voluntária das pessoas; baseado na ideia de que “maximizar o potencial humano é a chave do sucesso dos negócios”.

“maximizar o potencial humano é a chave do sucesso dos negócios”

Carnegie desenvolveu suas obras e treinamentos em cima de alguns pilares fundamentais para relações humanas. Selecionamos os pilares de Carnegie que ajudarão você a melhorar seu potencial nas interações sociais:

Coloque-se no lugar do outro

A capacidade de nos colocarmos no lugar do outro é conhecida como empatia, um dos mais importantes princípios da inteligência emocional.

Cada indivíduo é único e rico dentro de suas singularidades. Procure honestamente ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa. E saiba como extrair o melhor de seus colegas e colaboradores, sempre com respeito e cumplicidade.

As relações interpessoais no trabalho precisam de empatia para deixar o dia a dia mais humanizado,  harmonioso e produtivo. No livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, Carnegie sugere que comecemos a observar se nós temos esse hábito de nos colocar no lugar do outro. Afinal, nós também temos nossos defeitos, não é mesmo?

Melhore sua abordagem

Saiba adaptar seu discurso a quem ele se dirige. Assim, você consegue ser claro e pode cobrar exatamente o que precisa de cada colega.  Logo no início de sua interação com outra pessoa, esteja atento e aberto a tudo o que ele lhe passar de informação. Isso mostra que você é um bom ouvinte e se preocupa em considerar a opinião dos outros.

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas

Exponha suas opiniões, desde que estejam dentro do contexto, e mostre suas ideias e sua preocupação com o outro. Estreite laços com colegas e conheça um pouco de cada um. Resumindo, demonstre interesse pelas pessoas com quem você interage e seus relacionamentos melhorarão consideravelmente.

Carnegie afirma que se você quer que os outros gostem de você, você deve mostrar que faz questão deles também! Além disso, quando você demonstra interesse genuíno em uma pessoa, colocando-se à disposição para ouvir suas ideias, você está, de certa forma, conquistando e fidelizando as pessoas com quem se relaciona.

Abrace as diferenças

As pessoas não são iguais, consequentemente, possuem um modo de pensar diferente. Por isso, é preciso  saber lidar com personalidades distintas a todo tempo e aprender a respeitar a opinião dos outros.

Além disso, Pessoas diferentes podem contribuir de maneira única no ambiente de trabalho. Saiba respeitar o que cada um tem de melhor. Mesmo quando lidamos com alguém que não nos agrada, devemos nos esforçar para manter a tolerância e nunca pensar em prejudicar o trabalho desse colega, pois isso prejudicaria as relações interpessoais no trabalho que foram cultivadas.

Carnegie nos aconselha a não rechaçar a opinião alheia, “nunca diga ao outro que ele está errado”.  Se você discorda de alguém, e deseja preservar uma boa relação, só exponha o seu lado se o outro realmente quiser saber sua opinião. E, ainda assim, faça de maneira sutil, dizendo algo como “posso estar errado, mas eu penso diferente de você”.

Evite discussões a todo custo

Sabiamente, Carnegie afirma que “a única maneira de ganhar uma discussão é evitando-a”. E se você pensar bem, o que ganhamos discutindo? Absolutamente nada, pois nas palavras do autor, “um homem convencido contra a vontade, conserva sempre a opinião anterior”.

“a única maneira de ganhar uma discussão é evitando-a”

De filhos a cônjuges e colegas, as pessoas podem e ficam nervosas ou chateadas. Quando uma discussão começa, raramente ela consegue fazer alguma coisa além de deixar ambos mais nervosos. Não seria ótimo evitar uma discussão desde o começo?

Temos que ter sempre em mente que, em uma discussão, quando as duas pessoas vociferam, não há comunicação, apenas ruídos, ego e péssimas vibrações.  Dale Carnegie acredita que a gentileza e a amizade são sempre mais fortes do que a própria força. Ou seja, não tente impor nada. Quando você se mostra uma pessoa amiga e sincera, as pessoas tendem a concordar com você e cooperar.

Concluindo…

Ser receptivo e simpático é um caminho certo para manter os canais de comunicação abertos e, mais tarde, tornar-se uma pessoa influente.

E, por fim, pratique o autoconhecimento! Pois, para desenvolver o seu relacionamento interpessoal, é importante que você se conheça. Faça uma análise de si mesmo, observando seus pontos fracos e fortes e como você pode trabalhá-los a seu favor.

Bem, com essas informações ao seu alcance, você vai melhorar cada vez mais o seu relacionamento interpessoal. Ficou com alguma dúvida? Tem mais alguma dica interessante sobre esse assunto? Não hesite em falar com a equipe da Dale Carnegie!

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas