Ao fazer atividades diárias, as pessoas cumprem suas respectivas tarefas. Isso nem sempre é uma imagem completa o suficiente dos pontos fortes e fracos de alguém. Por isso, exercícios de formação de equipes ajudam a identificar as competências essenciais que os empregadores buscam nos funcionários.

As competências incluem, mas não se limitam a competitividade, integridade, influência, solução de problemas e estabelecimento de metas. Os líderes de negócios são capazes de identificar esses traços e usar essas informações para formar uma equipe forte, investindo na formação de seu pessoal.

As empresas que dedicam tempo para desenvolver seus colaboradores adequadamente enxergam os benefícios de longo prazo. Apesar da sua importância, a formação de equipes é uma área de desenvolvimento que é facilmente esquecida.

Como líder de negócios, você pode obter muitos benefícios a partir da incorporação de exercícios e atividades de formação de equipes à cultura da empresa. O gerente comercial Júnior Batista é o exemplo de líder ativo que buscou a melhora contínua e acreditou no potencial de desenvolvimento das equipes. A seguir, confira os detalhes sobre como ele conseguiu aumentar em 20% o desempenho de sua equipe sob sua liderança.

Um pouco da história da Ambev e do Júnior na empresa

A Ambev é uma das maiores Companhias de bebidas do mundo. Mas, muito além da produção de bebidas, a empresa trabalha todos os dias para unir pessoas e construir um mundo melhor e isso reflete na cultura da empresa e nos profissionais que são recrutados.

Consequentemente, a empresa se preocupa em compartilhar a mesma cultura e busca a união dos seus colaboradores e por meio de todos os seus representantes se preocupa muito em desenvolver e reter pessoas, avaliando os líderes pela qualidade de suas equipes.

Na cidade de Dourados, município brasileiro da região Centro-Oeste, localizado no estado de Mato Grosso do Sul, a Distribuidora de Bebidas Gran Dourados, representa a Ambev, lá, a empresa conta com 250 funcionários. E como toda empresa com alta produtividade, a Gran Dourados investe no treinamento e desenvolvimento de seus funcionários.

Júnior Batista Angelo, mais conhecido na Gran Dourados como Ceará, era então Gerente de Vendas da unidade, ele que começou na empresa há 23 anos, casado e pai de 2 filhos adolescentes, tinha diversos desafios tanto em sua vida pessoal quanto profissional, e foi selecionado para uma das vagas do treinamento de competências interpessoais da Dale Carnegie, o Dale Carnegie Course.

O gerente explica que não conhecia a Dale Carnegie até ela ser apresentada por seu superior, por meio de uma visita do instrutor local na empresa. O convite foi feito no momento certo para que ele pudesse alavancar sua carreira dentro da empresa. Algumas pessoas foram convidadas para participarem do treinamento. Júnior ficou entusiasmado com a ideia e logo aceitou e se dedicou em busca de superar suas expectativas.

Os desafios de um gerente de vendas

Junior iniciou na empresa ocupando um cargo de liderança e após ser promovido ao cargo de gerente de vendas não conseguia bater a meta junto com a sua equipe. Na época, Júnior estava a frente de uma equipe de 35 vendedores e 6 supervisores. Seu time nunca havia cumprido a meta estipulada e algo precisava mudar.

Entusiasta de treinamentos, Junior enxergou na proposta da Dale Carnegie a possibilidade de se desenvolver e enfrentar seus desafios de gerente de vendas, se dedicou para desenvolver no seu dia a dia tudo aquilo que o treinamento poderia proporcionar.

O gerente explica que tinha “dificuldades em entender as pessoas no trabalho, as metas nunca eram cumpridas, ficando sempre abaixo do esperado”. Os desafios, objetivos e a proposta de solução da sua gestão incluíam:

  • Objetivo:
    Atingir os resultados necessários no programa de excelência Ambev (venda, produtividade, processo e atuação da equipe).
  • Desafios:
    Revenda qualificada (atingir o percentual mínimo do programa de excelência).
  • Solução:
    Dale Carnegie Course

Assumindo novas responsabilidades, com uma visão clara e com a confiança fortalecida, Junior aprendeu a valorizar as pessoas como elas são e entender que fortalecendo relacionamentos ele teria maior êxito. Os resultados dessa atitude você conhecerá a seguir.

Resultados alcançados com o treinamento

Júnior comenta que atingiu resultados que levará para a vida toda com este treinamento, onde não somente bateu metas e aumentou em 20% o desempenho de sua equipe, mas também conseguiu levar os ensinamentos para o seu dia a dia em casa, com a esposa e com os 2 filhos adolescentes.

Banner E-book Dale Carnegie

Já no primeiro mês do treinamento, Júnior e sua equipe atingiram 103,3% da meta estipulada para o mês, fato inédito até então, e isso aconteceu devido a mudança de postura, onde Júnior entendeu que:

  • Era muito importante dedicar algum tempo para conversar com cada um dos membros de sua equipe para entender expectativas, analisar pontos fortes e pontos a desenvolver, era fundamental para entender o perfil de seus colaboradores e direcionar tarefas para um melhor resultado.
  • Colocar-se no lugar do outro era papel fundamental do líder para uma boa gestão.

Exercícios de formação de equipe são projetados para forçar as pessoas a debater sobre problemas estranhos ou falar sobre si mesmos de maneira não funcional. O exercício força as pessoas a seguirem o roteiro e conversarem entre si. Isso tem benefícios de longo alcance.

Os colegas de trabalho não apenas aprendem mais sobre os talentos e habilidades de cada um, como também podem aprender sobre sua história cultural. Isso abre os olhos para o fato de as pessoas agirem ou falarem de forma diferente umas das outras.

Durante o treinamento, Júnior cita que as principais dificuldades foram colocar-se no lugar do outro, ou seja, entender que pessoas são diferentes e que possuem características diferentes.

E que, ao entender que essas diferenças é que fazem com quem a pessoa certa no lugar certo pode produzir e fazer acontecer dentro de suas funções foi fundamental para o sucesso de sua equipe.

Reiterando, os líderes sabem que um local de trabalho diversificado, onde as pessoas respeitam as origens e opiniões dos outros, leva a uma melhor comunicação e menos mal-entendidos ou conflitos.

Durante os outros 2 meses de treinamento, Júnior e sua equipe continuaram superando os 100% da meta estipulada, isso fez com que houvesse um resultado financeiro significativo para todos na conclusão do ano.

Balanço da experiência com o treinamento Dale Carnegie

Em suma, Júnior possui uma história de sucesso que ainda está sendo escrita dentro da empresa. Hoje ele é Gerente Comercial, com uma equipe maior e mais desafios, e continua aplicando princípios e técnicas desenvolvidas após o treinamento Dale Carnegie em busca dos seus objetivos.

Funcionário dedicado há mais de 20 anos, atuando em cargos de liderança desde muito cedo na companhia ele se reinventa a cada ano, buscando manter a equipe engajada e aplicando os princípios que aprendeu no treinamento Dale Carnegie em busca sempre dos melhores resultados.

Afinal, o treinamento Dale Carnegie ajudou com que ele tivesse uma mudança de postura, e aplicando algumas ferramentas que aprendeu ao longo do treinamento ele não só cumpriu as metas, como as superou e a equipe foi premiada ao final do ano.

Como dissemos anteriormente e como você percebeu com o caso do Junior Batista, a formação de equipes é o investimento mais importante que você pode fazer pelo seu pessoal, ele cria confiança, atenua conflitos, estimula a comunicação e aumenta a colaboração interna.

A formação efetiva de equipes significa funcionários mais engajados, o que é bom para a cultura da empresa e para os resultados comerciais. Além disso, pode ser um processo agradável se você fizer isso com um toque especial da Dale Carnegie. Quer saber mais sobre treinamento e desenvolvimento de equipes? Fale conosco!

ILA 2019