Nossas ações afetam não apenas a nós mesmos, mas também aqueles que nos rodeiam. Muitas de nossas decisões profissionais envolvem ética. Se dissermos uma mentira, podemos perder a confiança de alguém e minar nossa própria integridade. Se usarmos materiais de má qualidade, podemos comprometer a segurança dos outros.

Questões de moralidade e ética podem ser encontradas em todos os níveis da sociedade. O comportamento ético é igualmente importante na vida profissional. Uma empresa de sucesso depende da confiança de várias partes — colaboradores da linha de frente, gerentes, executivos, clientes, fornecedores e até concorrentes — o mesmo se aplica a uma carreira de sucesso: é preciso de confiança. E confiança se conquista com ética.

Esse artigo é dedicado a explorar com mais profundidade a importância da ética profissional. Confira!

Mas o que significa ética, afinal?

De acordo com a definição, a ética é um conjunto geral de regras que devem ser seguidas para um bom convívio na sociedade. Essas regras são comuns em todo o mundo. Esses princípios éticos são herdados, assim como são aprendidos pelo indivíduo a partir dos modos de vida de sua família.

Cada indivíduo possui a mesma ética e comportamento ético de maneiras diferentes, assim como a cultura de que são nascidos e educados são diferentes.

Sempre que falamos sobre o comportamento de uma pessoa, uma das coisas mais importantes é a ética, se a pessoa reflete sua ética em casa ou em um ambiente profissional, ela deve viver com a definição de um conjunto de regras, que a tornam aceitável. Existem alguns termos éticos que são mais importantes em um ambiente profissional. Vamos ver esses elementos:

Ética profissional: motivos que a tornam fundamental

Definitivamente a ética desempenha um papel fundamental na vida de uma pessoa, ela decide todas as características que você possuirá em diferentes circunstâncias, sua perspectiva e suas emoções, a visão que guia sua vida em todos os detalhes. O ideal de felicidade, os desejos e objetivos de uma pessoa são  fortemente influenciados pelo conjunto dos seus princípios éticos. Afinal, dificilmente, alguém com uma ética bem estabelecida irá desejar alcançar algum objetivo considerado antiético. Ou seja, nossa ética pauta e define quem somos no presente, mas também quem desejamos ser no futuro.

Quanto mais você se apegar aos seus princípios éticos, mais estável e consistente você se tornará em seu estilo de vida pessoal e profissional. A ética não apenas melhora o modo de viver, mas também estabelece um caminho definido, um conjunto de valores para se apegar, que podem nos levar a um objetivo final. E “não tenha medo de dar o seu melhor naquilo que parecem ser pequenas tarefas”, já dizia Dale Carnegie. Assuma uma postura ética não somente nas grandes coisas, mas nas pequenas essencialmente. A ética está nos detalhes, em cada atitude, em cada pequena ação, em cada pensamento e declaração sua. Ser ético, ou não, é uma decisão que você toma todos os dias quando acorda pela manhã.

1. Valores

Os valores de uma pessoa podem ser definidos como os atos e ações da vida diária, valores direcionam nossos comportamentos. Aliás, os costumes são baseados em valores, tem tudo a ver com a educação que recebemos ao logo das nossas vidas e que quando se cristalizam e se materializam, na idade adulta, se transformam em nossos valores. Os verdadeiros valores de um profissional exemplar são devoção, respeito e trabalho. Esses valores tornam a pessoa mais valiosa e ditam seus comportamentos e suas qualidades.

Levando para o âmbito do universo profissional, por exemplo, valores profissionais são responsabilidade, confiança, comprometimento, integridade, etc…

Banner E-book Dale Carnegie - Relações Interpessoais

E não são só os indivíduos que possuem valores, as organizações também! Os valores pautam o que uma empresa valoriza e considera relevante em sua essência, aquilo o que se vive diariamente e que se estende na cultura da corporação.

2. Moral

Moral é um conjunto de deveres corretos que a pessoa precisa seguir para o melhoramento da sociedade. Mais ainda, são ações que fazem a sociedade funcionar de maneira harmonizada. Um conjunto de valores que conduzem o comportamento, as escolhas, decisões e ações. Essas ações aplicam-se a todos os seres humanos da sociedade e não podem ser julgadas de maneira isolada, porque quando se trata de padrões morais e éticos, todas as coisas estão interligadas, por exemplo, pensando em moral e ética profissional, não há como ser ético somente em uma parte de um processo seletivo, ou assume-se uma postura ética ou uma postura antiética. Uma pessoa mente ou fala a verdade durante uma entrevista. Para estar alinhado com um padrão moral é preciso ser ético em toda sua sequência de ações. Ou seja, definitivamente, quando o assunto é ética e moral, os fins não justificam os meios.

3. Integridade

Ser eticamente íntegro significa ser sempre honesto e sincero sob quaisquer circunstâncias. Quando qualquer indivíduo mostra integridade em um ambiente profissional, significa que a pessoa pode ser confiável. O indivíduo que é honesto e sincero sempre se sustenta por mais tempo na empresa em comparação a outros.

4. Caráter

Sem dúvida, caráter é uma das palavras-chave quando o assunto é ética profissional. Aliás, em uma visão mais abrangente e atual, podemos definir ética como um conjunto de valores e princípios que orientam o comportamento de um indivíduo dentro da sociedade em uma perspectiva macro, ou de uma empresa, dentro de uma relação, por exemplo, em uma perspectiva micro. É como se fosse a reunião e síntese das práticas morais e dos princípios éticos de alguém. O caráter é uma conduta genuinamente humana e enraizada, que vêm de dentro para fora e reflete em todas as ações de uma determinada pessoa.

5. Limites

São regras e regulamentos fixados por você mesmo. Essas regras colocam um limite para eventos que são perigosos para o seu estilo de vida. Um indivíduo regrado sempre se molda nas leis da empresa e trabalha da melhor forma possível, e um indivíduo sem regras sempre se envolve em problemas. Essas leis nos dão a capacidade de diferenciar entre o certo e o errado.

6. Dedicação

Dedicação é um fator importante quando discutimos ética, principalmente ética profissional, pois quanto maior a dedicação no trabalho, melhores serão os resultados. Dedicação faz uma pessoa ser mais resiliente em relação às situações difíceis, característica chave para conseguir alcançar o sucesso e também para ser fiel aos princípios nos momentos mais desafiadores. Pense bem, é fácil ser ético quando há tranquilidade e conforto, a prova de que um profissional é ético acontece justamente durante as dificuldades e turbulências. A dedicação que resiste às situações complexas é uma dedicação genuína e um sinal de fortalecimento ético.

7. Responsabilidade

Quanto mais ética for uma pessoa, por natureza, mais responsável e eficiente será com cada tarefa que assumir. Responsabilidade em relação a tudo, como pais, família, sociedade, natureza, trabalho, relacionamentos, etc, são certas coisas que não só devem ser mantidas em mente, mas também devem ser seguidas por todos os seres humanos para um ambiente mais saudável.

Se você tem alguma experiência ou impressão que pode complementar o debate sobre ética profissional, compartilhe nos comentários. E que tal se aprofundar no assunto e começar um treinamento que pode potencializar seu código de conduta profissional e nas relações humanas? Conte com a Dale Carnegie  para isso!

ILA 2019