A questão na cabeça de todo empreendedor é: como posso garantir que minha empresa seja bem-sucedida? Dos desafios que leva ao fracasso dos negócios a falta de informação e habilidades são evidentes. Isso muitas vezes leva à má administração dos negócios, à tomada de decisões precárias e, em última análise, à incapacidade de manter o negócio sustentável.

Outro elemento fundamental, mas que raramente é discutido, é a falta de autoconhecimento. “Conhece-te a ti mesmo” foi a sentença do filósofo Sócrates para a humanidade, o aforismo grego continua sendo um bom conselho para quem almeja o sucesso. Portanto, ter uma boa compreensão de quem você é pode ser considerado o primeiro passo para se desenvolver como empreendedor.

Algumas das razões pelas quais é importante que os empreendedores invistam no autoconhecimento para empreender melhor:

O negócio depende de você como empreendedor – um bom entendimento de seus pontos fortes e fracos o ajudará a alavancar os principais pontos fortes e alinhá-los às principais competências do negócio;

  • A auto-observação é o primeiro passo para identificar o que aciona as emoções negativas em você e, em uma segunda etapa, aprender a neutralizá-las;
  • Os empreendedores autoconscientes têm a capacidade de perceber os outros com precisão e os ajudarão a alinhar os pontos fortes de sua equipe ao negócio;
  • Empresários de sucesso sabem como aproveitar sua força interior;
  • O autoconhecimento permite que você desenvolva uma marca pessoal autêntica;
  • A tomada de decisão é melhorada através da melhor compreensão de si mesmo;
  • O autoconhecimento facilita a gestão e torna mais efetiva as mudança organizacionais.

Um negócio se assemelha ao caráter do empreendedor, portanto, se você gostaria de ter sucesso; a jornada começa com você.

Se você quiser ser um verdadeiro empreendedor, é importante que você se conheça bem. Afinal, você não terá um gerente direto encarregado de lhe dar feedback, e seus subordinados diretos provavelmente terão medo de lhe dizer o que realmente pensam.

Em qualquer caso, suas habilidades, talento, conhecimento, personalidade e pontos fortes são seus melhores recursos como empreendedor.

A seguir, sete pontos-chave que confirmam o investimento em autoconhecimento como algo decisivo na formação de um empreendedor de sucesso:

1. O autoconhecimento gera confiança.

Saiba quem você é e certifique-se de estar confortável em sua própria pele. Isso ajudará você a ser um líder forte e eficaz. Mas não exagere. Todos nós conhecemos pessoas que agem com absoluta certeza de si mesmas, mas geralmente tentam esconder profundas inseguranças ou medos.

2. O autoconhecimento é uma das pedras angulares da liderança efetiva

Liderança não é sobre quão grande é o seu papel na narrativa empresarial. Os líderes autoconscientes são capazes de ver a imagem maior, o contexto e o propósito. Eles ouvem ativamente e não se colocam à frente dos outros. Eles permitem que os outros sejam o melhor que podem ser.

3. Ter certeza de quem você é permite que você tome decisões de negócios sensatas

Quando você está empreendendo em uma startup, ter uma melhor noção de quem você é e o que você quer pode ajudá-lo a afastar as coisas que não são realmente importantes, e exortá-lo a ir atrás das coisas que estão realmente em seu coração.

4. Conhecer, aceitar e gostar de quem você é incentiva os outros a fazerem o mesmo

Ser autêntico e genuíno torna você atraente para seus clientes, respeitado por sua equipe e eficaz como líder. A individualidade é a marca de um empresário bem-sucedido e forte.

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas

5. Entender seus desejos e necessidades ajuda você a dizer “não” quando necessário

Empreender é algo que exige muito. Você deve estar presente 24 horas por dia, mantendo todo o resto da sua vida gerenciada. Por isso, conhecer seus limites – até onde você pode se alongar antes de quebrar – é uma habilidade importante.

6. Conhecer a si mesmo permite maximizar o desempenho

Há mais para ser bem-sucedido do que trabalhar duro. Você tem que ser capaz de criar um plano de negócios vencedor, cultivar relacionamentos e construir sua marca. Trabalhe de forma inteligente e concentre-se nos resultados em tudo que você faz. Isso reduzirá o estresse e aumentará a satisfação.

7. O autoconhecimento é o âmago da inteligência emocional

Tratando especificamente das habilidades emocionais, é possível ressaltar a importância do autoconhecimento. Somente quando o empreendedor percebe seus talentos, motivações, preferências, fortalezas e fraquezas, ele se torna capaz de definir ações, metas e prazos para corrigir as suas deficiências e, assim, evoluir como profissional e gestor.

Treine o autoconhecimento, destrave seu potencial e empreenda melhor

Hoje, é possível encontrar, em um bom programa de treinamento voltado ao autodesenvolvimento, metodologias que comprovadamente aperfeiçoam as habilidades profissionais e transformam as pessoas em indivíduos bem-sucedidos e realizados. Ferramentas comportamentais que contemplam Conhecimentos, Habilidades e Comportamentos viabilizam Atitudes de Alta Performance, que geram Resultados, o que as empresas buscam, em última análise.

Na verdade, nunca houve um momento melhor ou mais oportunidades para os empreendedores. O recente desastre econômico exige uma transformação de processos de negócios e culturas. Agora é a hora de conhecer a si mesmo e acreditar em si mesmo –  usar esse poder para vencer as adversidades.

A maioria dos desafios em torno das pequenas empresas tende a girar em torno de descobrir a dinâmica técnica da empresa ou do mercado em que ela está operando, mas muitas vezes a compreensão do próprio caráter é colocada sob o microscópio.

Como já dissemos, em diversas situações, o comportamento empreendedor é considerado o principal fator gerador de problemas, e esse comportamento está totalmente relacionado ao desenvolvimento de habilidades administrativas e comportamentais.

A autoconsciência – um conhecimento do próprio caráter, sentimentos, motivos e desejos – contribui largamente para o sucesso de um empreendimento. E como observou Dale Carnegie:  “A felicidade não depende do que você é ou do que você tem, mas exclusivamente do que você pensa.”

Quando você entende como trabalha mais efetivamente, você fará um trabalho melhor de delegação, de terceirização e de seleção de parceiros e funcionários. Descubra o que você gosta de fazer e o que você pode fazer bem e depois contrate pessoas para complementar suas habilidades.

O treinamento Dale Carnegie ajudará você a se aprofundar no autoconhecimento necessário para empreender melhor e conquistar o sucesso no ambiente de negócios competitivo de hoje. Fale conosco!

Banner E-book Dale Carnegie - Liderar Uma Equipe de Vendas