Responda agora: qual o seu objetivo? Qual o motivo que tira você da cama todas as manhãs e o faz se dedicar ao máximo? Quem ocupa ― ou está se preparando para ocupar ― um cargo mais alto, é bom ter em mente as respostas para essas perguntas. Exercer uma liderança com propósito pode ser a diferença entre ser um líder de destaque ou um gestor comum.

Se observarmos os grandes líderes da história, podemos perceber um ponto em comum a todos. Eles uniam seus liderados por meio de um propósito, de um objetivo. Quando se atinge esse grau de envolvimento, mandar se torna uma palavra obsoleta. No cenário atual, altamente competitivo, essa necessidade de foco em torno de um propósito maior se torna ainda mais latente.

Quem lidera tem uma dupla responsabilidade quando falamos em propósito. É preciso ter os objetivos da Organização em mente para nortear decisões, mas é necessário também apoiar os liderados a descobrirem os seus.

No artigo de hoje, vamos falar mais sobre a liderança com propósito, como ela pode ajudar a obter resultados mais expressivos (desde que colocada em prática) e como exercê-la no dia a dia da empresa. Continue a leitura!

O que significa uma liderança com propósito

Já faz algum tempo que a liderança autocrática é questionada, apesar de muitos ainda o fazerem, mas cremos que é por falta de uma capacitação adequada. Nesse modelo, o líder se assemelha muito à figura do chefe, onde uma pessoa manda e as outras obedecem. Atualmente considerado um modelo de gestão “tóxico”, o mau comportamento de superiores com os membros da equipe tem impactos significativamente ruins na empresa. Uma pesquisada consultoria BambooHR, revelou que 44% dos entrevistados já abandonaram o trabalho por causa de um chefe ruim.

Os motivos elencados foram muitos, mas todos têm a ver com um chefe que apenas quer tarefas concluídas e pouco se importa com o crescimento pessoal e profissional dos colaboradores. Hoje, apenas um salário já não basta. É preciso que a empresa tenha um propósito claro, que faça com que todos os envolvidos se sintam parte desse objetivo maior e isso quem consegue são os líderes.

Liderar com propósito é ter em mente qual a missão principal da Organização. E ela não necessariamente está descrita na “missão, visão e valores”, muitas vezes ela é intrínseca. O propósito é o porquê existir. O que fez com que o negócio nascesse? Qual demanda foi identificada para que se propusesse uma solução? Mesmo que essa resposta seja muito mais clara no caso do empreendedorismo social, toda empresa foi criada a partir de um propósito.

Tê-lo definido impacta a cadeia produtiva como um todo. É preciso que as lideranças estejam alinhadas a ele e que as equipes sejam formadas por pessoas que, além de estarem engajadas com o objetivo maior da empresa, descubram nela os seus. A visão do propósito também está muito mais presente nas decisões tomadas pelos clientes. Segundo o autor do livro Golden Circle, Simon Sinek, “as pessoas não compram o que fazemos, elas compram a razão pela qual fazemos, o porquê fazemos”, traduzindo: as pessoas compram os benefícios e não o produto em si.

Quando o líder tem clareza dos seus objetivos e daquilo que o motiva, a gestão se volta para a construção de uma cultura organizacional alinhada com o princípio da Organização. Deste modo, ele se afasta do protagonismo operacional, ocupando uma posição muito mais estratégica, com reflexos a longo prazo, apoiando as pessoas e não apenas cobrando-as.

Liderança com propósito na prática

Você já entendeu que liderança com propósito precisa engajar verdadeiramente a equipe. A pergunta que fica é: como fazer? Existe uma série de ações que o líder pode tomar para que o propósito da empresa seja de conhecimento de todos.

Abaixo, selecionamos três atitudes que podem ajudá-lo a implementar uma liderança com propósito e satisfazer colaboradores, clientes e a Organização.

1. Pense longe

A liderança com propósito tem os olhos voltados para o futuro. Quais atitudes você toma hoje e quais os impactos que elas terão amanhã? O líder precisa entender que as suas estratégias são de longo prazo, portanto, de nada adianta traçar um plano hoje e alterá-lo amanhã. É preciso ser firme quanto ao que se espera alcançar.

Banner E-book Dale Carnegie

Voltar-se para o amanhã tem uma relação estreita com o legado que se espera deixar para a empresa. Formar novas lideranças, ajudar no desenvolvimento pessoal e profissional dos liderados e auxiliá-los a definir e atingir seus propósitos, são formas de marcar-se como uma grande líder.

2. Tenha o propósito como um mantra

Se você perguntasse a qualquer liderado agora quais são os valores da empresa, você acha que ele saberia de cor? Sejamos realistas: poucos têm essa resposta na ponta da língua.

Entretanto, com o propósito, a cena precisa ser diferente. Todos os envolvidos devem ter ciência do que fazem e, principalmente, o motivo pelo que fazem.

Como líder, seu papel é assegurar que o propósito da empresa esteja no dia a dia da corporação. Para isso, deixe-os a par das decisões e relembre-os sobre isso sempre que possível. As pessoas apoiam um propósito que ajudaram a criar.

3. Esteja ciente do que a sua figura representa

Juntos às responsabilidades, a visibilidade também acompanha aqueles que ocupam postos de liderança. Um verdadeiro líder tem ciência de que é observado pelos liderados, ele sabe que sua liderança existe para apoiar e não o contrário, suas ações têm um peso diferente.

Um bom exemplo pode ser dado quando há necessidade de horas extras para conclusão de um projeto. Uma liderança com propósito recomenda que o líder fique junto à equipe, enquanto outros gestores podem apenas dar as ordens e ir para a casa.

Conseguir o respeito dos liderados por meio de exemplos é uma forma eficaz de aumentar o engajamento. É preciso estar atento a essas pequenas atitudes do dia a dia. No caso do chefe que abandonou a equipe trabalhando e foi para a casa, a atitude é vista como falta de comprometimento. “Se o líder não se importa, por que eu deveria me importar?” pode ser uma questão que mina a confiança na liderança e, consequentemente, o engajamento da equipe.

Exercer uma liderança com propósito ajuda o líder a manter uma equipe coesa, além de ser determinante na hora de embasar decisões. Em momentos cruciais, líderes que atuam com propósito tendem a ser mais assertivos, sabem delegar e tomam ações que mantêm a corporação alinhada com seus princípios e valores.

A liderança é um conjunto de valores e ações que não se obtém apenas em livros, você precisa desenvolvê-las de forma prática e sob a orientação correta. Essa é uma de nossas expertises em Dale Carnegie®.

Gostou de saber mais sobre a liderança com propósito? Na sua experiência, você vê esse estilo de gestão aplicado? Conte sua opinião nos comentários ou envie uma mensagem para a equipe do Portal Dale Carnegie.

Banner E-book Dale Carnegie - Relações Interpessoais