A liderança feminina é uma realidade em crescimento. Atrair, reter e desenvolver mulheres talentosas se tornou uma questão importante para muitos empregadores nos últimos anos. As organizações estão reconhecendo cada vez mais a necessidade de desenvolver e apoiar mais mulheres líderes em seus locais de trabalho. Mas, para muitas mulheres, a liderança ainda parece como algo distante e difícil de incorporar em suas carreiras.

Saiba que a liderança é uma experiência de “cabeça e coração” que combina autenticidade, confiança, integridade, equilíbrio e intenção. A liderança não se trata de se tornar algo que você não é. Na verdade, o oposto é verdadeiro: é sobre ser mais quem você já é, mulher e profissional. Ser sincera sobre qual é o seu propósito, o que é importante para você. É dessa base sólida que você pode desenvolver seu papel de liderança. Para ajudá-la, aqui estão estratégias de desenvolvimento que permitirão identificar as qualidades inatas e os desafios da liderança feminina!

Qualidades da liderança feminina

As características que as mulheres desenvolvem naturalmente desde a infância até a idade adulta fornecem a base para as habilidades que todos precisamos para liderar empresas e organizações no mais alto nível. Por isso, antes de comentarmos os pontos que as lideranças femininas devem aperfeiçoar, aqui estão algumas das qualidades naturais que mulheres desenvolvem com mais frequência e que são vitais para a liderança:

1. Mulheres escutam

Parece que as mulheres nasceram com um entendimento inato de que Deus nos deu dois ouvidos e uma boca de propósito. Sim, sim, alguns homens podem discordar – mas o fato é que as mulheres são ótimas ouvintes. Quando alguém fala sobre algo importante, as mulheres estão lá – para dar atenção total. As líderes femininas realmente querem ouvir o que a outra pessoa tem a dizer – uma excelente qualidade em um líder. Afinal, como disse Dale Carnegie sobre como fazer amigos e influenciar pessoas: “saiba ouvir e demonstrar interesse pelo que os outros têm a dizer.” Definitivamente, as lideranças femininas são excelentes nesse aspecto.

2. Mulheres colaboram

As mulheres têm uma paixão genuína por trabalhar com os outros. Elas gostam de compartilhar ideias e encontrar soluções que sejam eficazes para todos os envolvidos no processo. Isso significa que, como líderes, são boas em dar a cada membro da equipe uma chance de expressar sua opinião e participar ativamente das pautas e conversas.

3. Mulheres são acessíveis

A acessibilidade não é apenas estar fisicamente disponível, é ter mente e coração abertos, e os psicólogos dizem que as mulheres são mais hábeis em serem abertas, provavelmente por causa de seu instinto maternal e desejo de prover aos outros. Essa compaixão inata significa que as mulheres são mais propensas a apoiar indivíduos em todos os níveis de sua organização, independentemente de sua posição ou título.

4. Mulheres se concentram no crescimento pessoal

As mulheres são leitoras e aprendizes devotas. São mais abertas e interessadas ​​em encontrar maneiras de melhorar continuamente as habilidades pessoais. Esse foco no desenvolvimento as tornam mais autoconscientes, o que permite ter uma inteligência emocional muito forte, um traço fundamental de líderes de sucesso.

5. Mulheres motivam outras pessoas

As mulheres são teamleaders naturais. Adoram descobrir o que motiva as pessoas a agir e estão sempre entusiasmadas em distribuir palavras de encorajamento, agradecimentos, presentes por trabalhos bem feitos e tapinhas nas costas, o que poderia explicar por que o relatório de 2015 Geral da Gallup que diz que as pessoas que trabalham para equipes lideradas por mulheres são mais engajados do que aqueles que trabalham para homens.

Dicas para desenvolver na liderança feminina

Mesmo com tantas qualidades inatas à liderança feminina, ainda existem muitos desafios a serem superados. Vencer esses obstáculos envolve pontos como aprimorar a autoaceitação e ter criatividade, buscando sempre o aprendizado através dos erros. Confira algumas dicas para ajudá-la nessa tarefa:

1. Confie em sua intuição e em sua capacidade de liderar

Muitas mulheres têm a incrível capacidade de sentir e perceber as coisas de maneira diferente dos homens. Aprenda a confiar em seu “sexto sentido” e reconheça que um “momento aha” pode surgir em um sonho ou em um pensamento inconsciente.  E como disse Dale Carnegie “Tente a sua sorte! A vida é feita de oportunidades. Quem vai mais longe é quase sempre quem tem coragem de arriscar.” É preciso coragem e confiança em seu próprio estilo de ser para liderar com confiança os outros. Ser confiante vem de ser fiel a si mesmo – a marca de um verdadeiro líder, a quem os outros querem seguir, porque podem confiar nela.

Banner E-book Dale Carnegie

2. Não tenha medo do questionamento e do desafio

Para ser uma líder genuína e criativa, você deve estar disposta a questionar e desafiar o status quo. A maioria das coisas pode ser feita melhor, e quando estamos dispostos a desafiar suposições passadas, geralmente há uma oportunidade para criatividade e melhoria.

3. Alimente seu conhecimento diariamente

Uma das maneiras mais simples de expandir sua mente e criatividade é aumentar sua exposição à arte, música e história – diferentes culturas, religiões, empresas, organizações e pessoas. Líderes avançados geralmente têm uma sede insaciável de conhecimento e lêem muitos e muitos livros. Dos clássicos  do universo dos negócios escritos por Dale Carnegie aos livros de literatura universal, a leitura sempre aumentará suas habilidades de liderança e te destacará de outros profissionais, sejam eles homens ou mulheres.

4. Seja uma líder clara e objetiva

Uma líder que é clara tem uma imagem realista do que ela precisa fazer para cuidar daquelas coisas que estão em seu caminho, sejam eles seus próprios obstáculos pessoais ou o ambiente ao seu redor. Ela tem uma presença de liderança que indica aos outros que ela faz o que é preciso para seguir em frente. Ao dirigir ativamente seu destino, a líder trabalha seus objetivos para viver seu propósito, sabendo com o coração e a cabeça que ela está destinada a grandes coisas.

Como líder, você precisa estar no banco do motorista de sua própria vida. Se você não dirigir seu destino, você não alcançará seus objetivos pessoais e profissionais. Dirigir seu destino é investir tempo em:

  • Definir metas realistas e específicas de curto prazo para traçar seu destino
  • Desenvolver e elaborar um plano para atingir seus objetivos (os objetivos permanecem como sonhos na ausência de um plano claro).

5. Busque formação específica de liderança

Assuntos como Assertividade, Identidade Pessoal, Empoderamento e Liderança para Mulheres são tópicos que estão atraindo mais atenção. Além disso, empresas de elite estão fazendo um esforço mais consciente para equipar suas líderes femininas com as ferramentas, treinamento e apoio para ajudá-las a atingir níveis mais elevados dentro da organização. Mas, no desenvolvimento ou formação de líderes femininas e na criação de programas de desenvolvimento de liderança específicos para mulheres, certos tópicos tendem a ser especialmente relevantes e úteis para as mulheres.

Apoiando lideranças femininas

Desenvolver todos os líderes – homens ou mulheres – é muito importante no local de trabalho, à medida que as organizações se esforçam cada vez mais para melhorar o desenvolvimento de liderança de suas equipes, são estratégias particularmente úteis para impulsionar o crescimento, desenvolvimento e inovação de uma empresa.

Quando descartamos estereótipos antiquados e retrógrados sobre a relação entre mulheres e liderança, e quando as mulheres têm seus potenciais reconhecidos, podem atribuir um novo significado ao sentido de liderança implementado nas organizações. Com isso em mente, encorajamos todas as mulheres a usar seus talentos naturais e avançar para a liderança!

Gostou de saber um pouco mais sobre os desafios da liderança feminina na atualidade? Deixe o seu comentário e participe da conversa! E conte sempre com a Dale Carnegie para apoia-lá em sua trajetória.

Banner E-book Dale Carnegie - Relações Interpessoais