Com o objetivo de conscientização e responsabilidade ambiental, uma nova modalidade de empreendedorismo tem se destacado nos últimos anos e ganhado cada vez mais espaço em diversos setores: o empreendedorismo sustentável.

Mas se você nunca ouviu falar em empreendedorismo sustentável e está imaginando que esse conceito se refere aos negócios focados apenas nas ações ambientais, saiba que essa prática vai muito além disso, pois seus resultados refletem também no âmbito financeiro e social das empresas.

O conceito está atrelado às empresas que implementam medidas que conciliam a preservação do planeta com avanços tecnológicos e qualidade de vida das pessoas, e similarmente, elas sempre estão preocupadas com os fatores sociais e ambientais. Se você quer colocar o empreendedorismo sustentável em prática na sua empresa, este artigo é para você!

O que é empreendedorismo sustentável?

O conceito de empreendedorismo sustentável surgiu recentemente, assim como as demais discussões acerca desse tema importante para o meio ambiente. Ainda não se definiu, ao certo, qual a nomenclatura para as empresas que procuram adotar mudanças na sua gestão, visando diminuir os danos à natureza.

Alguns especialistas preferem utilizar o termo “empreendedorismo orientado à sustentabilidade”, mas basicamente, o empreendedorismo sustentável caracteriza uma modalidade de negócios em que a geração de lucro é combinada ao desenvolvimento responsável do meio social e do meio ambiente. As empresas que se enquadram nesse modelo de empreendedorismo exercem suas atividades por meio de medidas que não prejudicam os ecossistemas, demonstrando preocupação com os fatores socioambientais tanto quanto com o sucesso de seus negócios.

Independentemente de qual for o nome de sua preferência, é importante entender que esse empreendedorismo continua trabalhando visando o sucesso, o topo de sua categoria. O empreendedor sustentável, portanto, se caracteriza por buscar a lucratividade a partir de processos humanizados e que respeitem o meio ambiente.

Negócios sustentáveis, responsabilidade social corporativa e negócios éticos

Negócios Sustentáveis é outra maneira de se referir e falar sobre Responsabilidade Social Corporativa (RSC). Mas, se você a chama de Ética nos Negócios, Responsabilidade Social Corporativa ou Negócios Sustentáveis, você está falando da mesma coisa.

Todos esses termos referem-se a sistemas e estratégias para que as empresas operem de maneira responsável, beneficiando suas pessoas, comunidades e meio ambiente.

Negócios Éticos

Quando as empresas se concentram em seu código de ética ou em um código de conduta, elas podem rotular sua abordagem de “Negócio Ético”. Negócios Éticos geralmente enfatizam:

  • A fonte de produtos e serviços;
  • Conduta de negócio;
  • Padrões de qualidade e serviço.

As organizações lideradas pelo consumidor adotam frequentemente um plano de negócios éticos para demonstrar e reafirmar aos clientes suas credenciais éticas. Mas é igualmente importante que essas empresas também avaliem e relatem todas as áreas de sua atividade comercial, incluindo impactos sociais, econômicos e ambientais.

Negócio sustentável

Negócios Sustentáveis ​​significa, essencialmente, ser capaz de continuar, ou operar de uma maneira que seja propícia à negociação em andamento.

O Negócio Sustentável é um conceito importante porque reconhece a importância das empresas continuarem, particularmente no que diz respeito ao fornecimento de empregos e customização para os fornecedores.

Consciência coletiva

Falar em sustentabilidade é muito fácil. O maior desafio é transformar em prática, agir como uma empresa sustentável. Para dar o primeiro passo, reúna os colaboradores de sua empresa e invista na conscientização. Fale sobre o conceito, mostre exemplos e aponte os rumos que a organização pretende tomar para não ficar apenas no discurso. É importante também que todos façam uso responsável da estrutura oferecida pela empresa. Uma boa estratégia é oferecer copos ou canecas personalizadas, reduzindo gastos com copos descartáveis. A partir desta compreensão, entretanto, é fundamental que haja a criação de uma consciência coletiva no ambiente de trabalho. A educação ambiental precisa ser discutida com os colaboradores para que eles entendam que as possíveis medidas a serem adotadas não se tratam apenas de novas regras ou normas, mas de uma demonstração de responsabilidade socioambiental.

O QUE SIGNIFICA “SUSTENTABILIDADE” NOS NEGÓCIOS?

A sustentabilidade nos negócios geralmente aborda duas categorias principais:

  • O efeito que o negócio tem no meio ambiente
  • O efeito que o negócio tem na sociedade

O objetivo de uma estratégia de negócios sustentável é causar um impacto positivo em qualquer uma dessas áreas. Quando as empresas deixam de assumir responsabilidade, o oposto pode acontecer, levando a questões como degradação ambiental, desigualdade e injustiça social.

Por que a sustentabilidade é importante?

Além de ajudar a reduzir esses desafios globais, a sustentabilidade pode impulsionar o sucesso dos negócios. Atualmente, vários investidores usam as métricas ambientais para analisar as práticas de impacto e sustentabilidade ética de uma organização. Os investidores analisam fatores como a pegada de carbono da empresa, o uso da água, os esforços de desenvolvimento da comunidade e a diversidade do conselho.

Empresas com iniciativas de sustentabilidade podem ajudar a melhorar o desempenho financeiro enquanto promovem o apoio público. De acordo com pesquisa realizada pela McKinsey, cerca de 3.000 profissionais disseram que os fatores motivadores mais fortes para adotar uma mentalidade sustentável são: alinhar-se aos objetivos, missões ou valores de uma empresa; construir, manter ou melhorar a reputação; atender às expectativas do cliente; e desenvolver novas oportunidades de crescimento.

Em vez disso, “fazer o bem” pode ter um impacto direto na capacidade da sua empresa de se sair bem. Aqui estão quatro etapas para que você também possa alinhar sua estratégia de negócios com sua missão.

Banner E-book Dale Carnegie

Como criar uma estratégia de negócios mais sustentável

Etapa 1: avalie o problema e defina objetivos

O primeiro passo para impulsionar a mudança é avaliar o que significa sustentabilidade para sua equipe, empresa, setor e cliente. Considere os grandes problemas que cada um desses grupos consideram uma prioridade.

Para guiar esse processo, considere fazer perguntas, como:

  • Quanto desperdício a organização está criando?
  • A cultura da nossa empresa está evoluindo em direção aos nossos objetivos?
  • Nossas práticas de contratação atraem diversos candidatos a emprego?
  • Nosso produto é direcionado para ajudar um determinado público?
  • Qual o impacto da nossa empresa na comunidade local?

Responder a esses tipos de perguntas ajudará você a estabelecer os objetivos de sustentabilidade de sua empresa.

  • Dica rápida: precisa de ajuda para definir seus objetivos de sustentabilidade? Pegue a abordagem de metas SMART ao seguir essas etapas. Certificar-se de que seus objetivos sejam “SMART” – específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo – nesse estágio inicial pode economizar seu tempo no futuro. Aliás, você pode aprender mais sobre o assunto lendo este artigo: Metas SMART: o que são e como definir a sua.

Etapa 2: estabeleça sua missão

Depois de concordar com objetivos concretos, você está pronto para definir a missão da sua empresa. Uma declaração de missão distinta é uma parte importante de se tornar um negócio mais sustentável.

Uma declaração de missão eficaz descreve o foco da sua empresa em “fazer”. Ela deve efetivamente capturar os valores e a finalidade da sua organização e servir como uma luz orientadora do porquê você faz o que faz. Em outras palavras, sua declaração de missão deve definir as cinco questões da sua empresa: quem, o que, quando, onde e por quê.

Aqui estão dois exemplos de empresas com declarações de missão eficazes:

  • Alinhamento: “Acreditamos que os negócios locais são mais fortes juntos. Nosso objetivo é ajudar os donos de pequenas empresas a fazerem as conexões que levam a relacionamentos de longo prazo, gerar mais referências boca-a-boca e liberar acesso à sabedoria coletiva da comunidade empresarial local.”
  • Implementação: “Construa o melhor produto, não cause danos desnecessários, use negócios para inspirar e implemente soluções para a crise ambiental.”

Em cada um, fica claro o que a empresa valoriza e como está sendo executada em relação a esses valores.

  • Dica rápida: considere como sua declaração de missão crescerá à medida que sua empresa for dimensionada. Uma declaração de missão deve ajudar um negócio a evoluir com o mercado, não atrapalhar suas capacidades internas para inovar e atrapalhar os negócios. Por esse motivo, certifique-se de que seus objetivos possam, de alguma forma, ser extrapolados da sua declaração de missão.

Etapa 3: crie sua estratégia

Com uma missão forte, você está pronto para realinhar sua organização com uma estratégia de negócios sustentáveis.

Ao elaborar uma estratégia de negócios sustentáveis, é importante garantir que sua empresa continue lucrativa. Esta é sua prioridade número um. Você não pode ajudar sua causa se não puder continuar no negócio. E, como comprovado, seus esforços de sustentabilidade podem ajudá-lo a se tornar mais lucrativo.

Considere o seguinte: sua empresa geralmente deixa a luz e equipamentos ligados durante a noite, mesmo quando não há funcionários no local? Imagine quanta economia poderia ser obtida, tanto em recursos de custo quanto de energia, se a última pessoa no escritório simplesmente os desligasse?

Ou, os consumidores estão dispostos a pagar mais por um produto produzido de forma sustentável? Um estudo da Unilever de 2017 descobriu que 33% dos consumidores querem comprar de marcas “fazendo bem social ou ambiental”, criando uma oportunidade inexplorada no mercado de bens sustentáveis.

Existem várias estratégias específicas para o seu setor que podem aumentar sua eficiência operacional enquanto impulsionam o valor social e interno. Construir uma estratégia robusta de sustentabilidade pode ajudar tanto a empresa quanto o meio ambiente a longo prazo.

  • Dica rápida: precisa de um ponto de partida para elaborar sua estratégia? Considere oportunidades internas e externas para criar valor em torno de sua missão. Faça perguntas à sua equipe como: “Nossos clientes pagarão mais pelo nosso produto se produzirmos de forma mais sustentável?” Ou “Um processo de negócios aprimorado pode diminuir nossas emissões?” Se sim, para qualquer uma dessas perguntas, você pode ter o início de sua estratégia, aumentando simultaneamente sua produtividade e lucro.

Etapa 4: resultados!

Uma coisa é falar sobre uma nova motivação para se dar bem e fazer o bem, mas outra é adotar uma postura pública, prometer resultados quantificáveis ​​e realmente alcançá-los. Com a sua missão e estratégia solidificadas, você está pronto para fazer progressos para alcançar seus objetivos.

Ao implementar sua estratégia, lembre-se de revisitar seu processo periodicamente para garantir que seus objetivos, missão e progresso permaneçam alinhados.

  • Dica rápida: não sabe por onde começar? Pergunte a si mesmo se existem áreas onde sua missão pode ter um grande impacto, rapidamente. Considere uma parceria com uma organização que tenha uma missão semelhante à sua. Alinhar suas missões pode ajudar a impulsionar o progresso, rápido. E a parceria com um jogador estabelecido pode aumentar sua credibilidade.

Então você tem: quatro etapas simples – da finalidade ao desempenho – que podem ajudar você a criar um negócio mais sustentável.

Quando os objetivos se tornam um propósito, uma história poderosa é estabelecida. Essa história guiará sua missão e permitirá que você crie um plano acionável. Este plano está pronto para gerar resultados e torná-lo um verdadeiro realizador. Não se preocupe se os resultados não vierem imediatamente; o caminho para 100% de sustentabilidade é longo e pode levar o teste a algumas abordagens diferentes para que você faça seu maior impacto.

E você, também acredita no empreendedorismo sustentável? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para curtir e compartilhar este artigo nas redes sociais. E se você deseja continuar aprimorando sua atuação como empreendedor, conte com a Dale Carnegie para ajudá-lo!

Faça sua inscrição antecipada aqui