Ser um empreendedor é, sem dúvida, difícil em qualquer idade, mas a realidade é que indivíduos mais jovens podem enfrentar desafios multiplicados. Isso porque a falta de experiência, os recursos financeiros inadequados e a falta de autoconfiança contribuem, de uma forma ou de outra, para tornar mais difícil para um jovem empreender do que para um colega mais velho.

Como resultado, muitos jovens empreendedores não conseguem engrenar. Mas existem os que têm sucesso, sem dúvida, que são aqueles que enfrentam esses obstáculos com determinação. Eles sabem que seus maiores aliados são a confiança e a disposição de aprender com seus erros. Para ajudar na missão do jovem empreendedor, aqui estão alguns dos desafios comuns que eles irão enfrentar hoje e como podem trabalhar para superá-los.

1. Contratação de funcionários pela primeira vez

Jovens empreendedores serão confrontados com a tarefa de contratar funcionários pela primeira vez, e isso pode ser uma perspectiva estressante e intimidante. Há uma curva de aprendizado associada à entrevista e à seleção dos candidatos certos, bem como ao treinamento adequado dos candidatos bem-sucedidos.

Lembre-se de pensar sobre o tipo de cultura da empresa que você deseja criar antes de contratar seu primeiro empregado. Seu processo de entrevista, regime de treinamento e outros aspectos do processo de integração devem refletir essa cultura.

Os jovens empreendedores devem tornar esse processo um pouco menos oneroso, tomando o cuidado de contratar pessoas que não apenas tenham as habilidades certas para o trabalho, mas também se encaixem bem com a cultura da empresa. Tome seu tempo e considere cuidadosamente cada funcionário; verifique todas as referências e não se deixe enganar por frases de efeito.

2. Falta de capital

Quase todos os novos empreendimentos exigem capital semente – dinheiro disponível para mantê-los nos primeiros meses ou mesmo anos antes de gerarem lucro. Alguns tipos de empresas precisam de mais dinheiro do que outros. Quase todos precisam de dinheiro para marketing.

As pessoas mais velhas que iniciam suas próprias empresas geralmente precisam de menos financiamento para fazê-lo do que os empreendedores mais jovens. A razão é que sua experiência no campo, o conhecimento de como o mundo dos negócios funciona e as conexões dentro do mundo dos negócios, algumas construídas ao longo de muitos anos, proporcionam um grande impulso a seus empreendimentos iniciais. Como resultado, eles geralmente são capazes de obter lucro mais cedo e precisam depender do financiamento por um período menor.

A maioria dos jovens empreendedores, no entanto, não tem esses benefícios disponíveis para eles. Isso significa que eles precisam de dinheiro para sustentá-los enquanto reúnem essa experiência. Além disso, as pessoas mais jovens não tiveram tempo de acumular poupanças na forma como as pessoas idosas costumam ter, e provavelmente devem mais em empréstimos e em cartões de crédito do que suas contrapartes seniores.

A falta de capital significa que eles têm que lutar para sobreviver enquanto esperam que os lucros e investimentos cheguem. Isso pode ser extremamente estressante. Para evitar essa situação, o jovem empreendedor deve manter um plano de negócios detalhado capaz de oferecer uma boa ideia de quanto dinheiro será necessário para sobreviver antes dos seus negócios se tornarem lucrativos

3. Decisões, decisões, decisões

Considerando que, como empregado, você geralmente fazia o que lhe foi dito, agora é você quem está dando as ordens. Fazer isso envolve tomar muitas decisões. Mesmo sem funcionários, você será chamado a tomar decisões o dia todo, desde os menores até os principais julgamentos que podem mudar a direção e o futuro da sua empresa.

Entre as decisões mais importantes estão aquelas que envolvem criatividade e ideias inovadoras. Se um aspecto da sua empresa não estiver funcionando como deveria, você precisará tomar a decisão de descontinuá-lo ou alterá-lo. Terá que decidir se a empresa deve embarcar em um caminho totalmente novo em busca de maiores lucros – e se isso não funcionar, potencialmente quais serão as perdas.

É estressante e fará com que você duvide de si mesmo. Aqui é onde suas habilidades empreendedoras entram em jogo. Você precisará acreditar em si mesmo, ter certeza de que tem a capacidade de tomar as decisões certas e nunca duvidar de seu bom senso.

Banner E-book Dale Carnegie

4. Críticas e inseguranças

Como um jovem empreendedor, você descobrirá que nem todos o levarão a sério. A dúvida é comum para os empreendedores, então você certamente não precisa ouvir críticas não solicitadas. Você pode até ouvir críticas que o dissuadem de perseguir seus sonhos ou de tentar expandir seus negócios. Alguns profissionais mais antigos que falharam com suas tentativas de empreender atividades ou que se sentem ameaçados por sua oportunidade de sucesso podem tentar orientá-lo no caminho errado.

É importante você peneirar o conselho que você recebe. Evite tomar todos os conselhos de todo o coração e deixe que algumas palavras simplesmente saiam de suas costas. Concentre-se nas palavras de conselho que lhe servirão bem e que você pode aprender. Se você receber algum conselho que não faça mais do que desencorajá-lo ou dissuadi-lo de seguir adiante com seus objetivos, simplesmente desconsidere esse conselho e avance com uma mente clara.

5. Construir uma marca sólida

Os clientes devem confiar em sua marca . Eles devem reconhecer que você sabe o que está fazendo e sabe como fazê-lo bem.

Ao construir sua jornada como empreendedor, certifique-se de colocar os clientes em primeiro lugar, fornecendo-lhes os produtos e serviços de qualidade que o diferenciam da concorrência. Leve todas as reclamações e comentários, especialmente de seus clientes, com seriedade e faça todo o possível para responder a eles e mudar suas operações, se necessário.

6. Estereótipos de idade

Como um jovem profissional de negócios, você provavelmente já encontrou pelo menos alguns estereótipos relacionados à idade. Por exemplo, você pode ser estereotipado como sendo ansioso, arrogante ou irresponsável por causa da sua idade. Você pode achar difícil conseguir profissionais mais velhos  que o levem a sério como empreendedor. Pode ser difícil de superar esse tipo de estereótipo imediatamente.

Talvez a melhor coisa que você possa fazer é provar que seus céticos estão errados ao longo do tempo. Através de suas ações e resultados, mostre aos seus colegas que você é um bom empreendedor e que sua ideia é lucrativa. Eventualmente, você descobrirá que seus colegas começam a acreditar em suas habilidades e apoiar você.

Bem, a vida de um jovem empreendedor parece emocionante, mas traz desafios que você tem que lidar  se quiser consolidar seus planos. Esperamos que agora você esteja mais preparado para  enfrentar os desafios relacionados à idade, desafios que dificultam seu sucesso.

Nunca deixe que sua idade ou estereótipos sobre sua idade o impeçam de perseguir seus objetivos. Você pode superar todos os obstáculos em seu caminho através da perseverança, entusiasmo e otimismo.

Embora as recompensas em potencial sejam ótimas, iniciar um novo negócio em qualquer idade é repleto de riscos. Faça tudo com paixão, e à medida que você ganha experiência, você superará todos os problemas associados à juventude e embarcará em uma longa jornada como proprietário de uma empresa de sucesso. Certa vez,  Dale Carnegie disse “Sucesso é conseguir o que você quer, e felicidade é gostar do que você conseguiu”.

Quer compartilhar sua experiência e desafios como jovem empreendedor? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para curtir e compartilhar este artigo nas redes sociais. E se você deseja continuar aprimorando sua atuação como empreendedor, conte com a Dale Carnegie para ajudá-lo!

Faça sua inscrição antecipada aqui